domingo ,19 novembro 2017
Página Inicial / Noticias / SEABRA: Após pedido desesperado de socorro, mãe seabrense, aliviada, recebe sua filha em casa.

SEABRA: Após pedido desesperado de socorro, mãe seabrense, aliviada, recebe sua filha em casa.

Novamente Dona Maria voltou a dar entrevista nesta sexta-feira (04) a Nerisvaldo Sobrinho, no Resumo da Manhã* e dessa vez sua fala não era de uma mãe desesperada, mas de uma mãe feliz, agradecida e aliviada. Eis que sua filha Fátima com 04 dos 05 netos chegaram em Seabra-Ba, sãos e salvos.

Em 27 de outubro, Dona Maria procurou a mídia e relatou que sua filha Fátima com seus 04 netos sofriam maus tratos por parte do esposo em Brasília e queriam vir embora, porém não tinham condições financeiras. A mãe Dona Maria, moradora do povoado de Poço Grande, na cidade de Seabra-Ba, veio a público pedir socorro à população para ajudar com doações e trazer a família para a cidade natal. O apelo foi tema de matéria publicada pelo Chapada News, aqui.

Após o pedido desesperado na Rádio e no Chapada News e de Dona Maria ir de comércio em comércio em busca de ajuda, o apelo surtiu efeito. Dona Maria conseguiu doações que possibilitaram a compra das passagens e Fátima e seus 04 filhos chegaram nessa quinta-feira (03) em Seabra.

Dona Maria agradeceu comovidamente a todos que colaboraram e disse: “peço que Deus abençoe cada um que ajudou e que entre nos corações de todos, para que façam aos outros o que fizeram a mim, pois hoje fizeram uma pessoa muito feliz”

Quanto à Fátima, também se mostrou feliz e animada com o novo porvir. Disse que: “apesar da viagem ter sido cansativa, meu coração se enchia de esperança só em perceber o coração aberto de minha mãe. Ela é uma guerreira, nos criou com muita fé em Deus e vontade de trabalhar. Peço a Deus a mesma força que ela teve. Cuidou de mim hoje, como se eu fosse ainda uma criança. Quero retribuir tudo que ela fez por mim”.

Fátima, de 31 anos, chegou com 04 dos 05 filhos. O menino de 15 anos preferiu ficar em Brasília com o pai. Vieram um menino de 13 anos e três meninas de 11, 08 e 03 anos.

Fátima agradeceu a todos e fez um último apelo: pediu colchões usados, pois só tem as camas, roupas para ela e as crianças, pois vieram com pouca roupa e não menos importante: Pediu emprego. Disse que está disposta a trabalhar e tem força e vontade para isso.

Resta dar boas-vindas a toda família e parabenizar ao povo de Seabra pela solidariedade. E também parabenizar a Dona Maria, uma mãe que não mediu esforços para ver a filha perto de si.

*Entrevista concedida nessa sexta-feira (04) a Nerisvaldo Sobrinho, no Programa Resumo da Manhã, da Rádio Nova FM (99.7), que vai ao ar de segunda a sexta-feira, ao meio-dia.

(Da Redação)

Ouça áudio da entrevista:

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Veja o Vídeo e Ajude o “Pequeno Mário” a Conseguir Seu Quarto. #QuartodoMario

O pequeno Mário Carlos Pires dos Santos, de 26 anos, morador do bairro Bairro Santa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *