Página Inicial / Noticias / Seabra: Jovem é atingida por disparos após final de festa em Seabra. Ouça áudio

Seabra: Jovem é atingida por disparos após final de festa em Seabra. Ouça áudio

Policia Civil pericia o local/Foto: Chapada News

Na madrugada deste domingo (14), após as comemorações  de sábado da 25ª Festa do Vaqueiro na cidade de Seabra, na Chapada Diamantina, uma jovem foi atingida, a princípio, por disparo de arma de fogo disparada por um policial militar em legítima defesa contra indivíduos que discutiam em frente à sua casa. Os fatos ocorreram por volta das 05:00 horas da manhã de domingo, na Rua Horácio de Matos, nas imediações do Mercadão, em frente à Rádio Nova FM.

Entenda o caso:
Segundo o Policial acusado de disparar a arma, tudo aconteceu porque no final da noite, ele estava no seu apartamento se preparando para dormir após trabalhar a noite toda no evento, quando ouviu uma briga embaixo de sua janela. Os indivíduos que brigavam começou a falar “vou te matar”, então ele abriu a janela e pediu para que parassem com a discussão em frente à sua casa, foi quando um dos indivíduos fez menção de sacar uma arma. De pronto, o policial pegou sua arma e atirou da janela, em auto-defesa, porém, esse disparo não atingiu o indivíduo que continuou gritando com o policial com nomes de baixo calão. O policial então desceu as escadas, e foi questionar os indivíduos. Foi quando, novamente, o mesmo indivíduo fez menção de sacar uma arma, e o policial deu outro tiro para se defender. Esse tiro também não atingiu o indivíduo brigão que se evadiu do local. Ainda conforme o policial, ele olhou para se certificar de que não tinha ninguém na rua quando disparou, a rua estava vazia, mas viu que duas garotas passavam pelo local, que inclusive saíram correndo quando viram a discussão.

Entretanto, sem o policial perceber a jovem de iniciais L.R.T., de 25 anos, que passava no momento da discussão, foi atingida pelo projétil ou estilhaços ou até mesmo por algum outro objeto exatamente no momento do primeiro disparo. A perícia vai identificar o que atingiu a jovem. Entretanto, a tia da vítima, em entrevista, disse que a Jovem de 25 anos relata que lembra que  estava voltando da festa com a amiga, pela rua Horácio de Matos, quando viu quatro homens discutindo, e um desses homens gritou que não queria briga em frente à casa dele, em seguida ela já ouviu um disparo. Ela sentiu um forte impacto, pensou que havia sido atingida no peito, mas percebeu ser no pescoço , então saiu correndo e pedindo ajuda aos carros que passavam. Um desses veículos a socorreu para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Seabra. A vítima precisou ser transferida para o Hospital Regional de Irecê, mas segundo informações da família, a mesma está em estado estável e passa bem.

Policia Civil esteve periciando o local/foto: Chapada News

O Policial disse que não percebeu absolutamente nada no momento e só soube do ocorrido após uma colega ligar e questionar se ouve tiros em frente à sua residência. Só então ele ficou sabendo que a jovem garota estava na UPA com ferimentos. De imediato ele foi até a Unidade de Pronto Atendimento ver a garota e prestar solidariedade, em seguida compareceu à 13ª Coorpin, onde entregou sua arma para perícia e deu seu depoimento.

O caso está sob investigação da Delegacia de Seabra, que fará perícia para determinar se o que atingiu a garota foi realmente a bala da arma do policial e certificar os fatos narrados. Ainda nesta segunda-feira (15) a Polícia Civil já esteve no local dos fatos realizando as perícias necessárias.

Áudio sobre o caso por Tony Alves da Rádio Nova FM (99,7) no Programa Resumo da Manhã

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Xique-Xique-BA: Homem é morto em via pública na cidade

Diego Alves da Costa, 30 anos, conhecido como “Dieguinho” foi morto a tiros em via …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *