terça-feira ,16 outubro 2018
Página Inicial / Noticias / SEABRA : Preso em Seabra acusado de ter sacado mais de meio milhão do FGTS de terceiros.

SEABRA : Preso em Seabra acusado de ter sacado mais de meio milhão do FGTS de terceiros.

Segundo a Polícia Civil,  o acusado já sacou mais de meio milhões de reais, sendo portanto, o maior estelionatário já detido na cidade de Seabra/BA.

FOTO: Policia Civil

Hoje (16), por volta da 11:00h, um indivíduo tentou sacar o valor de R$ 136.000,00 (cento e trinta e seis mil reais) de uma agência bancária da cidade, referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, cuja titularidade seria de um terceiro, porém, o gerente do banco desconfiou dos documentos apresentados pelo então “cliente” e acionou a Polícia.

A Polícia Civil compareceu à agência e ao fazer a conferência da documentação, descobriu serem documentos falsos e então deu voz de prisão em flagrante ao agora, acusado de estelionato.

Segundo a 13ª COORPIN Seabra, o golpe era orquestrado da seguinte forma: o Autor se passava pelos reais titulares das contas do Fundo de Garantia e realizava o saque. No decorrer da investigação foi descoberto que o acusado se valeu de documentos de outras três pessoas, passando-se pelas mesmas a fim de cometer o crime, chegando a sacar somente na cidade de Senhor do Bonfim/BA o valor de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais). Estima-se que a fraude já tenha ultrapassado o valor de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), sendo portanto, o maior estelionatário já detido na cidade de Seabra/BA. O custodiado ficará agora à disposição da justiça. (Informações da 13ª Coorpin/Seabra).

(Da Redação-ChapadaNews)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

A partir deste sábado, candidato só pode ser preso em flagrante

Começa a valer neste sábado (13) a regra que impede que candidatos no segundo turno …

Um comentário

  1. Tem que mostrar o rosto desse bandido.
    Essa espécie de gente comete outros tipos crimes e seria ótimo ser reconhecido por possíveis vítimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *