Página Inicial / Política / Temer critica vazamento de investigações e cobra celeridade em delações premiadas

Temer critica vazamento de investigações e cobra celeridade em delações premiadas

O presidente Michel Temer classificou nesta segunda-feira (12) como “ilegítima” a divulgação de investigações criminais por meio de vazamento. Em requerimento enviado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Temer afirmou que áreas de interesse do governo federal são perturbadas devido à lentidão em processos investigatórios.

O presidente ainda pediu, segundo a Folha de S. Paulo, celeridade na conclusão de investigações em curso, assim como de delações premiadas. “A condução dessas e de outras políticas públicas a cargo da União vem sofrendo interferência pela ilegítima divulgação de supostas colaborações premiadas em investigações criminais conduzidas pelo Ministério Público Federal quando ainda não completado e homologado o procedimento de delação”, escreveu.

Temer ainda lembrou que Janot suspendeu tentativas de delações premiadas “em prol da higidez do procedimento legal”, em momento similar. O documento foi enviado após delação do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho, na qual Temer é citado 43 vezes. (Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Wagner evita comentar crítica de Rui Costa à esquerda sobre reforma da Previdência

O senador Jaques Wagner (PT) evitou comentar a crítica feita pelo governador da Bahia, Rui …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *