sexta-feira ,20 outubro 2017
Página Inicial / Meio Ambiente / Veja Vídeo: Notícia falsa de tornado F1 em Livramento-BA circula nas redes sociais

Veja Vídeo: Notícia falsa de tornado F1 em Livramento-BA circula nas redes sociais

Livramento de Nossa Senhora/Ba após vendaval. Foto: Do L12 Sudoeste

O prejuízo causado pelo vendaval no final da tarde da última terça-feira (28) ainda é contabilizado em Livramento de Nossa Senhora. A quarta-feira de cinzas foi reservada para arrumar a bagunça que ficou em alguns pontos, principalmente no centro da cidade e na região do Bairro Taquari.

O sinistro, que foi amplamente divulgado pela impressa baiana, chegou a ser classificado pelos conspiradores das redes sociais como sendo um tornado da categoria F1, que já foi rechaçado pelo Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (INMET).

Segundo meteorologistas, a Bahia não tem registro de tornados.

O fenômeno ocorreu por conta do calor, formando a nuvem cumulonimbus, considerada uma das mais perigosas da terra, um tipo de nuvem caracterizada por um grande desenvolvimento vertical, de turbulência intensa e irregular.

As nuvens cumulonimbus crescem em média até 12 km de altitude, mas podem chegar a mais de 20 km. São as nuvens responsáveis pela formação de chuvas de granizo, isso porque a cada a cada 100 metros de altitude a temperatura cai -0,6º graus, sendo assim as gotículas de água acabam congelando.

Geralmente, além de granizo e chuva forte, o fenômeno traz também ventanias e relâmpagos de arrepiar. Durante esse processo da natureza há correntes de ar subindo e descendo a velocidades entre 50 e 100 quilômetros por hora. O ar quente da superfície empurra para cima as gotinhas de água, que viram pedras de granizo. Não suportando o peso,  pequenas pedras de gelo começam a cair, entrando em atrito com o vento, daí ocorre o momento mais perigoso do processo, o vendaval.

Já os tornados são redemoinhos atmosféricos caracterizados por um espiral, em forma de funil de vento, formado através da chegada de frentes frias em regiões onde o ar está mais quente e instável. É quase um furacão, fenômeno tipicamente tropical continental, o que diverge com o clima de Livramento, que é semi-árido. (Do L12 Sudoeste / Por Marcos Santos)

Assista ao vídeo registrado por morador:

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Rio de Contas: Combate a incêndio continua; governo emite boletim das ações

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), atuando no âmbito do programa Bahia Sem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *