sexta-feira ,20 outubro 2017
Página Inicial / Política / Venezuela: Líderes oposicionistas são retirados de casa e levados a local desconhecido

Venezuela: Líderes oposicionistas são retirados de casa e levados a local desconhecido

Reprodução/Twitter

O Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) da Venezuela retirou líderes opositores que estavam presos em regime domiciliar de suas casas e os conduziu para um local ainda desconhecido. O fato foi denunciado nas redes sociais por Lilian Tintori, esposa de um deles, Leopoldo López.  “Não sabemos onde está nem pra onde o levaram. Maduro será responsável se alguma coisa acontecer com ele”. Ela divulgou um vídeo que mostra o momento em que a Sebin esteve em sua residência, registrado por câmeras de segurança. “12:27 da madrugada: momento em que a ditadura sequestra Leopoldo em minha casa. Não o farão se curvar”, publicou. 12:27 de la madrugada: Momento en el que la dictadura secuestra a Leopoldo en mi casa. No lo van a doblegar! pic.twitter.com/0EdlQvEGXS — Lilian Tintori (@liliantintori) 1 de agosto de 2017

Já a remoção do ex-prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, foi relatada por dirigentes da Mesa de Unidade Democrática (MUD), também pelas redes sociais. A deputada Gaby Arellano divulgou no Twitter um vídeo do momento em que Ledezma é retirado de casa. As duas ações ocorrem 24 horas após a eleição da Assembleia Constituinte, que é rejeitada pela oposição e por parte da população venezuelana, que rejeita a perpetuação do governo de Nicolás Maduro sem apoio popular. Na tarde desta segunda-feira (31), Ledezma lançou um vídeo no qual denuncia o que classificou como “a fraude constitucional” configurada pela Constituinte chavista. Foi a primeira declaração pública de Ledezma desde que foi preso pela primeira vez, há mais de dois anos. Veja abaixo o vídeo que registra o momento em que Ledezma foi retirado de casa:

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Biometria: mais de 2,4 milhões de eleitores baianos podem perder seus títulos

Dos 4,3 milhões de eleitores pertencentes aos 51 municípios em fase obrigatória do procedimento, apenas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *