domingo ,19 novembro 2017
Página Inicial / Polícia / Waack é acusado de racismo após comentário em vídeo de bastidores: ‘Coisa de preto’

Waack é acusado de racismo após comentário em vídeo de bastidores: ‘Coisa de preto’

Foto: Reprodução / Instagram

Apresentador do “Jornal da Globo”, William Waack, está sendo acusado de racismo após o vazamento de um vídeo em que o jornalista aparece, irritado, dizendo que o barulho exagerado de buzinas é “coisa de preto”. Nas imagens, Waack está ao lado de Paulo Sotero, diretor do Brazil Institute, antes de uma entrevista num estúdio em frente à Casa Branca, nos EUA, quando dispara irritado com o som das buzinas: “tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é.” Na sequência, Waack olha para o convidado e diz, em tom baixo: “É preto. É coisa de preto.” Após o comentário de Waack, o convidado ri constrangido. Procurada pela Folha, a assessoria da Globo afirmou que ainda está apurando o caso. Nas redes sociais, internautas estão pedindo a demissão do apresentador. As imagens da gravação foram realizadas durante a corrida eleitoral americana em 2016.(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Corpo de corretor desaparecido há mais de 4 meses é encontrado enterrado em Barreiras

Desaparecido há mais de quatro meses, um corretor de grãos foi encontrado morto nesta terça-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *