terça-feira ,5 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Meio Ambiente / Tartaruga-gigante mais velha do mundo completa 191 anos.

Tartaruga-gigante mais velha do mundo completa 191 anos.

Tartaruga-gigante Jonathan em foto de 10 de março de 2020 — Foto: Kevstan/CC BY-SA 4.0

A tartaruga-gigante-das-Seychelles Jonathan, considerada o quelônio mais velho do mundo, completou 191 anos, de acordo com o Guinness World Records. Segundo o livro dos recordes, estima-se que o animal tenha nascido em 1832, mas ele pode ser ainda mais antigo. Além de ultrapassar a média de tempo de vida para a sua espécie, que é de 150 anos, ele recebeu em 2021 o título de animal terrestre vivo mais velho do mundo. Os quelônios incluem as tartarugas, cágados e jabutis.

Ao longo da sua vida, Jonathan passou por duas guerras mundiais, a Revolução Russa, oito monarcas britânicos e 40 presidentes americanos. Apesar de sua idade avançada, ela ainda perde para o tubarão-da-Groenlândia em longevidade. O tubarão é considerado o animal vertebrado mais antigo do planeta, podendo viver por mais de 400 anos.

Tubarão-da-Groenlândia, espécie de animal mais antiga do mundo. — Foto: Julius Nielsen

Oficialmente, o nome da espécie de Jonathan é Aldabrachelys gigantea hololissa, popularmente chamada de tartaruga-gigante-das-Seychelles – embora ele seja um jabuti, réptil terrestre.

Em 1882, ele foi trazido do arquipélago no Oceano Índico para a ilha de Santa Helena, território britânico no Atlântico Sul.

O animal mora na Plantation House, residência oficial do governador da ilha.

Uma das provas da sua idade surgiu quando uma fotografia tirada entre 1882 e 1886 foi revelada. Nela, um Jonathan já na fase adulta, com estimados 50 anos, pode ser visto pastando no jardim da Plantation House.

Em entrevista ao livro de recordes, Joe Hollins, veterinário de Jonathan, disse que a tartaruga-gigante “não mostra nenhum sinal de desaceleração”.

“Apesar de ter perdido o olfato e estar praticamente cego por causa da catarata, seu apetite continua o mesmo”, comenta o veterinário.

Em Santa Helena, Jonathan mora com outras três tartarugas-gigantes: David e Emma, que chegaram em 1969 e têm cerca de 55 anos; e Frederick, que se juntou ao grupo em 1991 e tem por volta de 32 anos.

Com informações do G1

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Romance “Contra fogo”, relata a saga do brigadista voluntário para deter incêndios criminosos.

“Fica esperto, contra o fogo não pode ter afobação”, aconselha Deja, o “frente” de um …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]