terça-feira ,28 setembro 2021
Página Inicial / Noticias / Chapada: Prefeito de Abaíra acha ‘injusta’ divisão de custos da Policlínica entre municípios e governo

Chapada: Prefeito de Abaíra acha ‘injusta’ divisão de custos da Policlínica entre municípios e governo

O prefeito de Abaíra, Edval Luz e Silva (DEM), o Diga, participou da inauguração da Policlínica de Itaberaba, na manhã desta sexta-feira (23). Apesar de afirmar não ter problemas de relacionamento com o governo Rui Costa, do PT, ele vê como “injusta” a parceria entre municípios e governo na manutenção da clínica de saúde.

“A gente faz uma administração focada no bem estar da população. Infelizmente a política acaba favorecendo e também desfavorecendo nesse ponto. Mas o meu relacionamento é tranquilo, sem nenhum problema. E hoje eu vejo uma parceria entre o governo do estados e os municípios. Eu acho até um pouco injusto, a gente não deveria arcar com nada, a situação dos municípios é muito cruel. A gente já arca com tudo e agora arcar com mais uma parcela de contribuição para manter a policlínica”, disse o gestor.

Abaíra é um dos municípios que faz parte do Consórcio de Saúde Chapada Unida. De acordo com o governo, o estado arcará com 40% dos custos para o funcionamento da clínica, que atenderá 23 municípios da região e tem o objetivo de desafogar o orçamento que as prefeituras tem com exames de alta complexidade, antes realizados em clínicas particulares. Os outros 60% são divididos entre os municípios consorciados, proporcionalmente à população de cada um.

Para o prefeito, no entanto, o governo da Bahia deveria ajudar mais. “Principalmente na época de pandemia, onde o governo do estado praticamente não fez nada para os municípios, se não fosse o governo federal a gente estaria ferrado. O governo federal fez demais, mandou dinheiro demais. O governo do estado perdeu uma grande oportunidade de colocar as policlínicas para funcionar por conta do estado, os municípios não vão suportar o peso disso aí”, finalizou Edval.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Organização de atos contra Bolsonaro decide usar hino nacional e cores do Brasil

Os organizadores das manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiram na última segunda-feira (28) que …