segunda-feira ,30 novembro 2020
Página Inicial / Polícia / Acusado de matar ator Rafael Miguel adotou nome falso e se escondeu no interior do MS

Acusado de matar ator Rafael Miguel adotou nome falso e se escondeu no interior do MS

Acusado de assassinar o ator Rafael Miguel e os pais dele, em 2019, em São Paulo, o empresário Paulo Cupertino, 49, esteve escondido durante oito meses em Eldorado, no Mato Grosso do Sul, e adotou um novo nome: “Seu Manoel”.

De acordo com o portal G1, o novo apelido é derivado do nome falso que ele passou a utilizar: Manoel Machado da Silva. Ele trabalhava numa fazenda na localidade até ser descoberto e fugir, há uma semana.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Pablo Reis disse que o suspeito foi visto pela última vez no dia 28 de outubro.

“Usando barba grande e máscara, o que ajudava no disfarce, Cupertino – ou Seu Manoel, como era chamado – frequentava assiduamente uma barbearia, uma lotérica onde fazia apostas e até o posto de saúde da cidade, após conseguir emitir uma carteira no Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse.

Segundo a investigação, Cupertino “envelheceu muito” desde o triplo assassinato, há um ano e quatro meses.

“Nós vamos ouvir o pessoal da lotérica, da barbearia. E eu também já solicitei imagens de câmeras destes locais. Estamos fazendo buscas do caso e ainda vamos intimar estas pessoas. É uma investigação oriunda de São Paulo, Paraná e nós entramos com esse apoio, com a intenção de coletar mais informações da estadia dele aqui nesse período de 8 meses”, afirmou o delegado. Com informações do BN.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Ex-primeira dama de Abaíra é investigada por esquema em licitações do Hospital de Juazeiro

A ligação entre a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) com o suposto …