terça-feira ,13 abril 2021
Página Inicial / Acidente / Ajude a ajudar: Morador de Utinga perde a perna em acidente de moto e pede ajuda para cobrir custos da prótese

Ajude a ajudar: Morador de Utinga perde a perna em acidente de moto e pede ajuda para cobrir custos da prótese

Um ano após sofrer acidente de moto e perder a perna, Caio Henrique Belo, de 20 anos, morador do município de Utinga, na Chapada Diamantina, faz uma ‘vaquinha’ online para arrecadar, aproximadamente, R$32 mil e comprar uma prótese. O rapaz trabalha com serviços gerais, como pintor, eletricista e mototaxista, e tem um filho de seis meses. O valor da prótese custa em média R$ 25 mil, além dos custos adicionais com fisioterapia e transportes.

O caso ocorreu na manhã do dia 16 de dezembro de 2019, quando Belo saiu de motocicleta para ir a um trabalho de ornamentação de formatura. O rapaz foi atingido por um carro que estava em alta velocidade na contramão. Caio havia perdido muito sangue, teve cortes na cabeça e uma fratura exposta na perna esquerda, foi encaminhado ao pronto-socorro de sua cidade, e logo transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde os médicos cirúrgicos constataram de imediato que era preciso amputar a perna.

“Aceitei logo de cara, ou então correria o risco de vida. Conheço pessoas que vivem bem com prótese e eu queria muito ver o meu filho nascer, abraçar a minha mãe e voltar a ter a companhia dos meus amigos e familiares. A minha família autorizou a cirurgia que graças a Deus deu tudo certo, tive a reposição sanguínea e com oito dias, voltei pra casa com a falta de um membro, mas com minha vida inteira pela frente” disse o rapaz.

Hoje, quase um ano depois, nada foi feito para que o culpado pelo acidente arcasse com os custos da prótese. Motivado pela necessidade, Caio resolveu fazer uma ‘vaquinha’ online. “Amigos, conhecidos, e até mesmo os desconhecidos que agora conhece um pouco da minha história, peço que me ajude nesta luta, sei que não será fácil, afinal, o valor da prótese é muito além de minhas condições. Mas como sempre tive que lutar para conquistar os meus objetivos, não será agora que irei deixar de lutar, ainda mais para que eu possa voltar a ser uma pessoa ativa e poder trabalhar para ajudar na criação do meu filho”, explica Belo.

A meta de sua vaquinha online é de R$32 mil, mas até o momento só foi arrecadado R$3.353,00. Para ajudar Caio Henrique Belo, basta acessar o link ou transferir qualquer quantia em dinheiro para a sua conta pessoal.

Dados Bancários
Caio Henrique Belo Nascimento
237-Banco Bradesco
Agência: 03616
Conta Poupança: 007833–6

Com informações do Jornal da Chapada.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Para frear Covid-19, região de Irecê terá medidas mais restritivas a partir desta terça

A partir desta terça-feira (13), 25 municípios da região de Irecê terão medidas mais restritivas …