terça-feira ,7 fevereiro 2023
Página Inicial / Saúde / Anvisa divulga nova lista de pomadas suspensas por suspeita de causar cegueira

Anvisa divulga nova lista de pomadas suspensas por suspeita de causar cegueira

FOTO: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nova lista para suspensão, proibição de fabricação e comercialização de pomadas capilares suspeitas de causar cegueira em usuários.

Anteriormente a Anvisa já havia divulgado sete pomadas que tiveram a comercialização e fabricação interrompida por não cumprir com normas sanitárias.

De acordo com a agência, esses produtos são alvo de investigação por relatos de consumidores que dizem terem sido prejudicados após o uso das pomadas. Em alguns casos a utilização das pomadas causou cegueira temporária em usuários.

Confira a lista de pomadas suspensas pela agência na última quinta-feira (19):

  • Pomada Capilar Condicionante Modeladora Fixadora Studio Hair Tranças | Marca: Muriel (Empresa Beauty Lab do Brasil Ltda)
  • Pomada Capilar Condicionante Modeladora Fixadora Studio Hair Onduladas | Marca: Muriel (Empresa Beauty Lab do Brasil Ltda)
  • Pomada Modeladora Fixadora Studio Hair Tranças | Marca: Muriel (Empresa Beauty Lab do Brasil Ltda)
  • Pomada Capilar Incolor Elfa | Marca: Elfa (Empresa Exat Bel Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda Me

Confira a lista de pomadas divulgadas (17):

  • Pomada Modeladora para Tranças Anti-frizz Be Black (Empresa Cosmetic Group Indústria e Comércio de Cosméticos Eireli);
  • Pomada Black – Essenza Hair, e Pomada Modeladora para Tranças Boxbraids – fixa liss (Empresa Evolução Indústria de Cosméticos);
  • Pomada Braids Hair (Empresa Galore Indústria e Comércio de Cosmético Eireli);
  • Pomada Cassu Braids Cassulinha Cabelos e Pomada Braids Tranças Poderosas Esponja Magic, (Empresa Microfarma Indústria e Comércio);
  • Rosa Hair Pomada Modeladora Mega Fixação 150g, (Empresa Morandini Indústria e Comércio de Cosméticos);
  • Pomada Modeladora Master Fix Black Ser Mulher, (Empresa Supernova Indústria, Comércio e Serviços).

De acordo com a Anvisa a decisão de suspender a fabricação e comercialização dos produtos é uma medida cautelar cujo objetivo é proteger a saúde da população.

A agência recomenda que caso o consumidor tenha adquirido esses produtos, não faça a utilização e entrem em contato com a empresa que vendeu para verificara possibilidade de devolução.

Caso o consumidor tenha utilizado o produto, a recomendação é que faça a limpeza do cabelo. Em caso de efeitos sob o uso das pomadas a orientação, é claro, procurar ajuda médica. (Por Agência Brasil).

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Criança engole prego e para retirá-lo passa por procedimento diferenciado com sonda imantada no Hospital Regional da Chapada

Uma criança de apenas dois anos foi internada no Hospital Regional da Chapada por ter …