segunda-feira ,26 fevereiro 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Economia / Após revisão do IBGE, Bahia ganha mais de 5 mil habitantes no censo 2022

Após revisão do IBGE, Bahia ganha mais de 5 mil habitantes no censo 2022

A Bahia ganhou mais de 5 mil habitantes conforme aponta a atualização do Censo Demográfico de 2022, publicado no Diário Oficial da União na quinta-feira (31). Com as atualizações, as populações de 83 cidades baianas foram alteradas em relação a primeira apuração.

A população cresceu em 49 cidades e reduziu em 34, mas só oito tiveram variação acima de 1%. As mudanças no número de pessoas que vivem em alguns desses locais podem implicar em alterações de receita no Repasse do Fundo de Participação dos Municípios neste ano.

Os dados foram obtidos entre 1º de agosto do ano passado e 28 de fevereiro deste ano. Os primeiros resultados foram divulgados em junho.

De acordo com o IBGE, o ajuste considerou quatro fatores:

  • tamanho do território: o município pode ter tido o limite alterado após o início da coleta de dados;
  • tratamento de invasões: quando o recenseador ultrapassa o limite do município e faz a pesquisa na área de outro recenseador;
  • melhoria do trabalho interno: identificar e consertar a duplicidade de informações;
  • trabalho extra de campo: identificar moradias que pareciam vazias, mas estavam ocupadas, por exemplo.

De acordo Mariana Viveiros, superintendente de informações do IBGE, é comum o IBGE fazer essas correções.

“Sempre que o IBGE divulga a população censitária, ele faz um último ajuste, uma revisão para garantir a precisão dos dados”, afirmou.

Das 83 cidades impactadas pela revisão, está São Francisco do Conde, a cerca de 90 km de Salvador. O município tinha mais de 37 mil habitantes e, depois do ajustes, ganhou mais de mil moradores – o que fez a população total ultrapassar 38 mil.

Em relação a 2010, quando ocorreu o último censo, a cidade tem 5,5 mil habitantes a mais, um crescimento de 16%.

“As pessoas migraram em busca de emprego. São Francisco do Conde é bastante industrial, então isso foi atraindo as pessoas”, afirmou Luis Henrique, secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do município.

Já em Sítio do Quinto, no norte da Bahia, houve uma redução de 7,6% da população. Em junho, eram pouco de mais de 14.773 habitantes e com a divulgação final o número de habitantes caiu para 13.786. A cidade perdeu quase mil habitantes.

Repasses financeiros

O resultado do ajuste agora será encaminhado para o Tribunal de Contas da União (TCU) para que o órgão use os dados para, entre outras ações, fazer o repasse do Fundo de Participação dos Municípios.

Após essa última análise o balanço geral do IBGE é que 229 cidades perderam população entre 2010 e 2022. Desse número, 105 podem perder receita.

O repasse do Fundo de Participação dos Municípios é feito três vezes por mês, com base no número de habitantes. Mesmo com os ajustes do censo, ainda não houve modificações.

Com informações do g1 Bahia.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Economia: Clima faz produção de grãos cair 6,3% no país

A colheita total de grãos na safra 2023/24 deve chegar a 299,8 milhões de toneladas, …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]