quinta-feira ,1 outubro 2020
Página Inicial / Polícia / Assassino do ator Rafael Miguel fugiu até fronteira com o Paraguai com ajuda de amigos

Assassino do ator Rafael Miguel fugiu até fronteira com o Paraguai com ajuda de amigos

Após quase um ano do crime de vitimou o ator Rafael Miguel e seus pais (relembre aqui), pessoas ligadas a Paulo Cupertino Matias, acusado de ter cometido os assassinatos, revelaram novos detalhes da fuga do atirador. Os dois amigos, um morador de Sorocaba e outro da cidade de São Paulo, mantinham uma amizade com o foragido que já durava 15 anos.

De acordo com o G1, as investigações dão conta de que o amigo da capital, dono de uma pizzaria, teria dado um carro e ajuda financeira para que Cupertino fugisse. Já em depoimento à polícia, o amigo do interior afirmou que prestou auxílio ao acusado quando foi informado pela mulher do dono da pizzaria que Paulo estava em Sorocaba.

O assassino do ator, durante a fuga, chegou a fazer outras paradas com o amigo do interior em alguns municípios paulistas. Em Águas de São Pedro, por exemplo, Matias se consultou com uma mãe de santo que lhe recomendou se entregar. Em outra cidade não informada, a dupla chegou a pedir ajuda a uma pessoa, que se recusou auxiliar. Logo após a uma estadia no local, os dois se separaram.

Já em Campinas, passado alguns dias do crime, o amigo do interior chegou a se reencontrar com o criminoso. Para a polícia, o rapaz disse que Cupertino teria ficado com sua CNH e que na ocasião os dois se encontraram na rodoviária da cidade, onde o foragido comprou uma passagem para Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense na fronteira com o Paraguai. Ainda na rodoviária, Matias também se desfez do celular e destruiu o chip do aparelho que usava.

Segundo a testemunha, Paulo Cupertino estava sempre armado e em diversos momentos o coagia para ajudá-lo. Os investigadores também descobriram que o foragido da Justiça teria pedido R$ 5 mil ao dono da pizzaria, e que os dois amigos eram pessoas que lhe deviam favores.

Por não aceitar o relacionamento da filha com o ator Rafael Miguel, Paulo Cupertino matou o jovem além dos pais dele durante uma tentativa de reunião familiar. O crime, que aconteceu no dia 9 de julho de 2019, foi cometido na Estrada do Alvarenga, onde fica a residência do acusado, na Zona Sul de São Paulo. Com perfil violento, Matias já teve passagens na polícia por ameaça, lesão corporal, além de associação criminosa, formação de quadrilha e roubo.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Homem é morto a tiros dentro de Mercado em Seabra.

  Na manhã da última quarta-feira, 23 de setembro, Adilson Bruno Gonçalves Lima, popular “Bruninho …