Página Inicial / Saúde / “Assumindo o risco da morte”, diz Rui ao ser questionado sobre obrigatoriedade de vacina

“Assumindo o risco da morte”, diz Rui ao ser questionado sobre obrigatoriedade de vacina

Durante o Papo Correria exibido na tarde desta quarta-feira (17), o governador Rui Costa (PT) respondeu a uma internauta que participou do programa. Ao ser questionado se a vacina contra o novo coronavírus era obrigatória, o mandatário, sem se exaltar, mas com palavras duras, falou sobre o risco de recusar o imunizante.

 “A vacina não é obrigatória, a vacina é voluntária. Quem quiser toma, quem não quiser não toma. O que pode acontecer é, eventualmente, você solicitar um parente que faça algum plano pra você escolher onde quer, eventualmente, ou ser atendido ou ser sepultado”, iniciou o petista.

“Se você quer ser sepultada no chão ou naquelas gavetas, você já pode ir escolhendo desde já, onde você quer ser sepultada se você não tomar vacina, pois muitos vão morrer”, continuou.

“Aqueles que não tomarem vacina estão assumindo o risco da morte. Então, quem não tem medo de morrer já pode ir escolhendo logo com um parente pra onde deve ser encaminhado caso venha a óbito”, completou Rui.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Prefeito de Abaíra acha ‘injusta’ divisão de custos da Policlínica entre municípios e governo

O prefeito de Abaíra, Edval Luz e Silva (DEM), o Diga, participou da inauguração da …