[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Polícia / Autor de chacina em Sinop morre em confronto com a PM

Autor de chacina em Sinop morre em confronto com a PM

FOTO: Divulgação

Ezequias Souza Ribeiro, de 27 anos (à direita), morreu em confronto com a Polícia Militar, nesta quarta-feira (22). Ele é um dos autores da chacina em um bar, em Sinop, a 504 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Militar, ele foi encontrado em uma área de mata, distante cerca de 15km da cidade, próxima ao aeroporto. No local, houve confronto entre ele e os policiais. O suspeito foi atingido e chegou a ser encaminhado ao Hospital Regional de Sinop, mas não resistiu aos ferimentos.

Já o comparsa dele, Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos (à esquerda), continua foragido e as diligências continuam. Os dois mataram sete pessoas – entre elas, uma adolescente de 12 anos, depois de perderem uma partida de sinuca.

O advogado Marcos Vinicius Borges, que representa Edgar, informou que ele irá se apresentar à polícia, nesta quinta-feira (23).

FOTO: Divulgação
Uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi enviada para Sinop para atuar nas buscas pelos dois atiradores. Foi feita uma força-tarefa, em conjunto com a Polícia Civil e Militar, para prender os autores do crime.
A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quarta-feira, a espingarda calibre 12 mm e a caminhonete usadas durante a chacina. O material estava em uma obra no bairro Vila Verde, no município.
Entenda o caso
Edgar e Ezequias mataram sete pessoas após perderem uma aposta de sinuca. Um vídeo registrado pelas câmeras de segurança do local mostram o momento em que um dos homens, com uma pistola, pede para que as algumas das vítimas fiquem de costas, viradas para a parede.

Enquanto isso, um outro homem pega uma espingarda calibre 12 mm na caminhonete e chega atirando. As vítimas tentam correr e são atingidas já fora do bar. Após a execução, os homens pegam o dinheiro que está em uma das mesas de sinuca e outros objetos pelo bar e fogem em uma caminhonete que estava estacionada em frente do bar.

Além dos suspeitos, nove pessoas estavam no local. Seis morreram no bar e um homem foi socorrido em estado grave pelo Corpo de Bombeiros. Ele morreu à noite no hospital.

Histórico
A Polícia Civil informou que os autores da chacina têm diversas passagens pela polícia. Conforme o delegado Bráulio Junqueira, responsável pelas investigações, Ezequias por porte de arma ilegal, roubo, formação de quadrilha, lesão corporal e ameaça, além de possuir um mandado de prisão em aberto. Já Edgar tem registro por violência doméstica.

Conforme o delegado Bráulio Junqueira, responsável pelas investigações, testemunhas relataram em depoimento que o clima no bar estava tranquilo antes do crime.

“Em momento algum, houve discussão ou desentendimento. Aparentemente, estava tudo normal”, disse o delegado.

A caminhonete e a espingarda usada pelos autores foram apreendidas na manhã desta quarta-feira (22), em um terreno no bairro Vila Verde. Conforme as investigações, o imóvel tem ligação com um dos suspeitos.

Edgar tem cadastro em um clube de tiros de Sorriso, também na região norte do Estado, segundo a Polícia Civil, e postava vídeos na rede social praticando disparos. Em um vídeo postado nas redes sociais, Edgar mostra que estava em um clube de tiro e tinha acertado um alvo.

Ele mostra as balas usadas nos disparos. A reportagem apura se os suspeitos tinham registros de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC).

Momentos antes dos tiros

FOTO: Divulgação
Vídeos registrados pelas câmeras de segurança e por uma das vítimas mostram a movimentação no bar de Sinop, momentos antes do crime. Um dos equipamentos registrou dois homens jogando sinuca e outros três sentados, olhando o jogo.
Nas imagens, sentadas longe da mesa de sinuca, aparecem a adolescente e uma mulher, que sobreviveu.
Em um outro vídeo, registrado por uma das vítimas, homens aparecem jogando baralho no estabelecimento. (Por g1).

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Operação é deflagrada contra deputado estadual acusado de liderar grupo miliciano em Feira de Santana.

Um deputado estadual da Bahia foi alvo no início do mês, dia 7, da Operação …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]