quinta-feira ,8 dezembro 2022
Página Inicial / Religião / Bahia: Com título de patrimônio imaterial, romaria de Bom Jesus da Lapa reúne milhares de fiéis após dois anos suspensa por causa da Covid

Bahia: Com título de patrimônio imaterial, romaria de Bom Jesus da Lapa reúne milhares de fiéis após dois anos suspensa por causa da Covid

A tradicional romaria de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, reúne milhares de fiéis desde as primeiras horas desta sexta-feira (5), depois de dois anos suspensa por causa da pandemia de Covid-19. Este ano, a romaria, que ocorre há 331 anos, foi reforçada com o título de patrimônio imaterial, concedido em cerimônia na última quinta-feira (4) pela Câmara do Patrimônio Cultural do Estado.

As celebrações acontecem na Gruta do Bom Jesus.

Movimentação dos fiéis

Os primeiros fiéis chegaram ao santuário ainda durante a madrugada. A gruta abre às 4 horas, quando começa a movimentação, e, em seguida, é realizado o Santo Ofício. Missas e celebrações estão previstas para o longo do dia.

Nesta sexta-feira (05), é encerrado também o novenário, que antecede a procissão prevista para acontecer no sábado, às 17 horas.

A expectativa é que pelo menos 600 mil pessoas participem das celebrações. Esta é a mesma quantidade que esteve no local em 2019, a última que aconteceu antes da suspensão da celebração presencial por causa da pandemia.

No ano passado, o evento aconteceu de maneira semipresencial e em 2020, de forma totalmente online.

Programação da celebração

  • Sexta-feira (5) – subtema: Bom Jesus, filho de Maria, nos ensina a agir com misericórdia
  • Sábado (6) – festa do Bom Jesus da Lapa
  • Alvorada, às 5h – Tema: Bom jesus, filho de Maria: caminho, verdade e vida
  • Santa missa, às 7h
  • Terço da divina misericórdia e bênçãos, às 15h
  • Procissão com o Bom Jesus, às 17h
  • Celebração de encerramento, às 18h

CN com informações do G1.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Comunidade Católica é comunicada sobre a vinda dos novos Freis e a transferência do Frei Anaílton

A Comunidade Católica de Seabra, na Chapada Diamantina, teve acesso à “Carta Circular à toda …