segunda-feira ,6 fevereiro 2023
Página Inicial / Polícia / BAHIA: Quadrilha usa fotos íntimas e tenta chatagear homem da cidade de Malhada no “golpe do nudes”

BAHIA: Quadrilha usa fotos íntimas e tenta chatagear homem da cidade de Malhada no “golpe do nudes”

Conversa evolui para o WhatsApp | Foto: Divulgação

A troca de mensagem por meio do aplicativo Messenger entre um rapaz de Malhada, na Bahia, identificado como Adão Guedes e uma moça no Aplicatico que se dizia chamar Jessica Mendes, quase virou uma dor de cabeça para o morador da comunidade de Lagoa do Arroz.

A mulher que se apresenta como Jessica Mendes é, na verdade, integrante de uma quadrilha especializada em golpes virtuais, com base no estado do Rio Grande do Sul. O “golpe do nudes” ou “sextorsão” como é conhecido, é um dos mais aplicados no Brasil.

Os criminosos criam perfis falsos em uma rede social utilizando fotos sensuais de garotas e começam a conversar com homens de todo o país. Depois, eles (que se finjem ser mulheres), trocam telefones e passam a trocar mensagens eróticas, enviando fotos sensuais da suposta garota e pedindo para que a vítima também envie fotos.

A conversa com o malhadense iniciou dessa forma, mas não funcionou com Adão pelo fator dele conhecer o golpe. Depois das trocas de mensagem no final de semana, o criminoso entrou em contato com Adão se apresentado como delegado.

“Boa tarde! Senhor Adão Guedes, sou o delegado Luís Fernando Guimarães. Tem como o senhor entrar em contato com a minha equipe imediatamente para a gente esclarecer os fatos envolvendo a sua pessoa”, disse um dos áudios.

Não satisfeito, o criminoso insiste com outro áudio. É que chegou aqui na minha delegacia os pais de uma menor chamada Jessica Mendes. “O senhor e ela estavam tendo conversas inadequadas pelo aplicativo Fecebook Messenger, só que estou olhado o perfil do senhor e não tem perfil de pedófilo”, comenta o criminoso.

De acordo com Adão, no início ele ficou apreensivo com a ligação e quase caiu no golpe, mas na sequência ele lembrou que viu uma matéria sobre o assunto na TV. Adão disse que respondeu que já conhecia o golpe, ocasião em que foi bloqueado pelo golpista.

Ainda de acordo com Adão, no caso dele o tal delegado disse que Jessica Mendes era uma adolescente e que essa troca de mensagens configurava um crime. Ele fez ameaças de prisão e iria exigir dinheiro para “abafar o caso”. “Esses caras estão agindo aqui na região de Malhada”, disse Guedes.

Esse golpe é muito aplicado no Brasil, em 2020, na região de Guanambi, Sudoeste baiano, teve um grande aumento de casos.  Esse tipo de crime muitas vezes deixa de ser denunciado porque a vítima fica com medo. (Fonte: Portal Folha do Vale)

 

 

 

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Servidora morre ao ser feita de “escudo humano” junto com o homem que a usou como escudo, em Jequié

Um duplo homicídio foi registrado no início da noite de quinta-feira (02) em Juazeiro, Norte …