Página Inicial / Educação / CHAPADA: 11 mil alunos ficam sem aulas após intoxicação alimentar de professores em Jacobina

CHAPADA: 11 mil alunos ficam sem aulas após intoxicação alimentar de professores em Jacobina

FOTO: Reprodução/TV Bahia

Após o adiamento da volta às aulas em decorrência da intoxicação alimentar de 110 professores da rede municipal de Jacobina, a Prefeitura do Município afirmou que espera anunciar, até o fim desta semana, uma nova data para o retorno dos alunos às salas de aula, antes previsto para a última segunda-feira (6). Com a mudança, cerca de 11 mil alunos tiveram impacto no calendário escolar.

Segundo a prefeitura, haverá reposição dos dias de aula perdidos, embora ainda não haja um novo calendário formulado. A previsão é de que até a próxima semana um novo planejamento seja definido.

Quanto ao estado de saúde dos professores, a gestão municipal não soube informar precisamente quantos deles ainda estão hospitalizados, mas garantiu que a grande maioria já está se recuperando em casa após o risco que correram. Na ocasião, 400 pessoas que estiveram na Jornada Pedagógica 2023, realizada pela Prefeitura Municipal, na última terça-feira (31), precisaram recorrer ao atendimento médico depois de passarem mal com sintomas de intoxicação alimentar causada pelo almoço servido no evento.

O restaurante foi interditado durante a visita da Vigilância Sanitária, conforme informações da prefeitura. (Por Correios 24 horas).

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

MUCUGÊ: Abaeté Linhas Aéreas pretende ampliar voos para destinos baianos e retomar para Mucugê

Com a consolidação dos voos regulares para Morro de São Paulo (Costa do Dendê) e …