quinta-feira ,29 setembro 2022
Página Inicial / Noticias / Chapada: Como funciona um mandato coletivo? A candidata que representa Seabra ajuda a explicar

Chapada: Como funciona um mandato coletivo? A candidata que representa Seabra ajuda a explicar

O sistema democrático indireto tem como característica a participação popular na gestão do governo através da eleição de representantes, onde a sociedade delega sua soberania. No entanto, mesmo sendo uma das formas contemporâneas mais comuns utilizada na gestão política, o sistema apresenta desvantagens referentes à disputa pelo poder e a desvinculação com sua função representativa, levando a um regime com pouca legitimidade.

Apesar dos processos eleitorais e liberdades civis presentes no Brasil, a atuação popular nas tomadas de decisão do governo é limitada e a cultura política ainda é baixa. Esse cenário acaba por colocar os cidadãos às margens dos processos de resolução política, de modo a gerar fragilidade nas instituições, problemas de governabilidade e crise de representatividade. Foi pensando em tudo isso que foi criado o sistema de mandato coletivo ou mandato compartilhado. Vamos entender como funciona essa forma de composição do gabinete.

Hoje (20), Nerisvaldo Sobrinho e a sua equipe receberam no Jornal do Meio Dia, a candidata a Deputada Federal pelo (Solidariedade), Adriana Reña, que é advogada e explicou melhor sobre o tema. Adriana participou por telefone e Rebaca Mello que é Técnica de enfermagem (representando Seabra), direto dos Studios da Nova FM. Confira a entrevista na íntegra:

 

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Oliveira dos Brejinhos: PRF apreende caminhão transportando carga ilegal de madeira nativa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu na noite dessa segunda-feira (26), uma carga de madeira nativa …