quarta-feira ,28 setembro 2022
Página Inicial / Noticias / Chapada: Enfermeiros tomam a BR 242 em protesto contra suspensão do piso salarial

Chapada: Enfermeiros tomam a BR 242 em protesto contra suspensão do piso salarial

Seabra não conta com desfiles e comemorações do 7 de setembro já algum tempo. Hoje quem saiu pelas ruas da Capital da Chapada desde o início da manhã foram os enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares em protesto contra a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu o piso salarial aprovado pelo congresso para a categoria.


Sem a suspensão, os enfermeiros teriam remuneração fixa em R$ 4.750. Os técnicos em enfermagem receberiam 70% desse valor e auxiliares de enfermagem e parteiros ganhariam 50%. O piso é uma demanda antiga da categoria que, além de protestar, promete paralisação caso ele continue suspenso.

Um dos participantes da manifestação, é o Enfermeiro Marcos Melquisedeque, afirma que “Por uma decisão de um único Ministro, ele vetou por 60 dias, esse piso salarial dessa categoria que hoje é tão sofrida e tão humilhada perante os patronais e os empresários”. Rebeca Melo Técnica de enfermagem,  também falou “A Enfermagem clama por justiça e reparo e vão às ruas manifestar a indignação e contrariedade à decisão liminar do Ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu o piso da enfermagem, devido ADI movida pela CNSaúde – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE , HOSPITAIS, ESTABELECIMENTOS E SERVIÇOS (REDE PRIVADA) E CNM – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS”.  Clique aqui e veja o video da manifestação.

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Quatro candidatos ao governo da BA participam de debate na TV Bahia

Quatro candidatos ao governo do estado nas eleições de 2022 participaram do debate promovido pela …