terça-feira ,1 dezembro 2020
Página Inicial / Noticias / Chapada: Lençóis, Mucugê, Andaraí e Palmeiras registram alta ocupação hoteleira para o Réveillon

Chapada: Lençóis, Mucugê, Andaraí e Palmeiras registram alta ocupação hoteleira para o Réveillon

Ocupação hoteleira em torno de 100% no Réveillon e acima de 90% para a primeira quinzena de janeiro de 2020. Assim será esta temporada de verão dos destinos litorâneos da Bahia, mais procurados por turistas, como as badaladas praias de Morro de São Paulo, Itacaré, Praia do Forte, Porto Seguro (e seus distritos) e Prado (98%).

E a alta taxa de ocupação vai desde as pousadas com preços mais em conta, passando por hotéis de luxo, como o Fera Palace, que fica no Centro Histórico de Salvador e até o momento já registra 90%, até os resorts, a exemplo do complexo turístico de Costa de Sauípe, no Litoral Norte, que para janeiro tem ocupação prevista de 89%.

A surpresa fica por conta de Lençóis, na Chapada Diamantina, que já bateu 98% de ocupação para o Réveillon, o mesmo ocorrendo com os municípios do entorno como Palmeira, Mucugê e Andaraí que estão nesta faixa de ocupação.

O destino fica distante das praias, que são tradicionalmente muito procuradas para as festas da virada do ano, pois “todo mundo quer pular as sete ondas na Bahia”, brinca o secretário Fausto Franco, que atribui o crescimento, entre outros motivos, ao trabalho realizado para melhorar o acesso aos destinos, como a prospecção de novos voos para Lençóis, que é o portão de entrada para a Chapada.

O aeroporto de Vitória da Conquista, inaugurado em julho, também está contribuindo com os municípios que ficam mais ao Sul da Chapada. Ações neste sentido já estão sendo elaboradas, como a instalação de um ponto com informações turísticas da Chapada dentro do aeroporto, com informações sobre os atrativos da Chapada, folheteria, sinalização das estradas que ligam Vitória da Conquista aos municípios daquela região, dentre outros

Além disso, o governo do Estado, através da Secretaria do Turismo (Setur), trabalhou em parceria com Embasa e Coelba no sentido de oferecer uma melhor estrutura nestes destinos e impedir que problemas como queda de energia elétrica e a falta d’agua tire a tranquilidade de moradores e turistas.

Só a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) investiu mais de R$ 50 milhões em ações estratégicas nas principais praias do Estado, com o objetivo de garantir a qualidade do fornecimento de energia elétrica e atender a crescente demanda no período, contemplando mais de 10 municípios e 50 praias. As informações são de assessoria.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Irecê receberá recursos federais para recuperar canal de drenagem após fortes chuvas

O município de Irecê deverá receber R$ 841,2 mil de recursos federais, que serão destinados …

Deixe uma resposta