quinta-feira ,29 setembro 2022
Página Inicial / Economia / Chapada: Parque Natural Municipal da Muritiba passa a ter acesso controlado em Lençóis; pagamento será feito pelo Janoo

Chapada: Parque Natural Municipal da Muritiba passa a ter acesso controlado em Lençóis; pagamento será feito pelo Janoo

O Parque Natural Municipal da Muritiba, principal atrativo turístico de Lençóis, na Chapada Diamantina, passará a ter acesso controlado de visitantes a partir desta segunda-feira (19). Para ter acesso aos rios e cachoeiras, os ingressos (no valor de R$20) podem ser adquiridos online com antecedência pelo site janoo.com.br. Moradores do município estão isentos da cobrança mediante apresentação de documentos de comprovação de residência.

Além da regulação do acesso, o atrativo natural passará a contar com duas opções de passeios: uma autoguiada e outra com contratação obrigatória de condutor de visitante local. A primeira opção – Muritiba por Baixo – envolve as piscinas naturais do Serrano, os poços das Lavadeiras, Gameleira e outras atrações.

Já a segunda opção de passeio, Muritiba por Cima, que inclui a contratação obrigatória de condutor de visitante local, dará acesso ao Salão de Areias, ao Poço Halley, Cachoeira da Primavera, Mirante e Cachoeirinha.

As mudanças fazem parte do Plano Emergencial de Uso Público do Parque da Muritiba, que começou a ser elaborado em outubro de 2021. No âmbito do Conselho Municipal do Meio Ambiente, foi realizado diagnóstico sobre as atividades previstas para o Parque e, em um segundo momento, foram promovidos encontros públicos com guias e condutores de visitantes, lavadeiras, trade turístico, vendedores ambulantes, e população em geral garantindo a construção coletiva dos usos permitidos para o Parque.

Uma assembleia com participação da comunidade para avaliar os resultados dos primeiros dias de testes e implantação do Plano Emergencial já está prevista para a primeira semana de outubro.

Referência
Com as mudanças, o Parque da Muritiba será a maior referência na região em gestão compartilhada do turismo visto que os cuidados com o local irão envolver uma associação de condutores de visitantes, uma brigada de resgate, combate a incêndios e monitoramento ambiental, além do Conselho Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Turismo de Lençóis.

A área do Parque faz parte do bioma Caatinga, possui aproximadamente 66 hectares e protege nascentes e remanescentes florestais em um trecho do rio Lençóis, conhecido como rio Serrano. Tudo isso, a poucos minutos do Centro Histórico de Lençóis.

De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Raimundo Baracho: “esse é um passo extremamente importante para garantir a proteção das Unidades de Conservação de Lençóis. O valor arrecadado será, de forma auditável, depositado direto para o Fundo de Meio Ambiente e o uso será decidido no Conselho Municipal de Meio Ambiente seguindo as normas do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC)”.

A necessidade de controle de acesso atende a um Termo de Ajustamento de Conduta assinado pela Prefeitura de Lençóis, responsável pelo Parque, e o Ministério Público , a fim de garantir a proteção do patrimônio ambiental. “Já estão previstas indenizações para os atuais proprietários de áreas dentro do Parque e também intervenções para melhorar a visitação e a proteção à bio e geodiversidade”, completou Baracho.

Venda online
A compra dos ingressos para o Parque da Muritiba é realizada através da plataforma Janoo (https://janoo.com.br/lugar/parque-da-muritiba/) garantindo que os visitantes possam ainda em casa, conferir regras, disponibilidade e garantir a reserva. Basta acessar o site, escolher atrativos e datas, se cadastrar, efetuar o pagamento e pronto. Um QR Code será enviado por Whatsapp e email e deve ser apresentado na portaria no dia do passeio.

A mesma ferramenta já é utilizada em outros atrativos da região como a Cachoeira do Buracão (em Ibicoara), Projeto Sempre Viva (em Mucugê), Fazenda Akã (Morro do Chapéu), Complexo Arqueológico Serra das Paridas (Lençóis) e também pelo ICMBio para Parque Nacional da Chapada Diamantina que envolve mais de 60 atrativos.

Tecnologia a favor do turismo sustentável
A Janoo é uma plataforma digital de informação e agendamento em atrativos turísticos de natureza totalmente desenvolvida no interior da Bahia, na região da Chapada Diamantina.

A venda online de ingressos através da Janoo já está disponível em mais de quatro municípios chapadeiros e nela é possível também conhecer mais de 60 opções de atrativos localizados no Parque Nacional da Chapada Diamantina e participar do programa de agendamento voluntário.

De acordo com Lucas Miranda, CEO da startup Janoo, o agendamento é uma estratégia para posicionar a Chapada Diamantina como um destino inovador, onde a tecnologia contribui para a qualificação do serviço turístico, gestão compartilhada e para a preservação do meio ambiente. “A Janoo é uma ferramenta colaborativa que dá a oportunidade de ordenarmos o turismo de forma coletiva, com a participação de condutores, agências e atrativos, para oferecer uma experiência ainda mais enriquecedora e segura para o visitante”, destaca Miranda.

CN com informações de assessoria.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Oliveira dos Brejinhos: PRF apreende caminhão transportando carga ilegal de madeira nativa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu na noite dessa segunda-feira (26), uma carga de madeira nativa …