segunda-feira ,6 fevereiro 2023
Página Inicial / Meio Ambiente / CHAPADA: Pesquisa da Univasf identifica local de nascentes de dois rios importantes nas Serras de Jacobina

CHAPADA: Pesquisa da Univasf identifica local de nascentes de dois rios importantes nas Serras de Jacobina

Além de identificar nascentes dos Rios Fumaça e Aipim, estudo constatou danos ao meio ambiente. /Foto: Vladimir Nunes.

Os locais exatos das nascentes dos Rios Fumaça e Aipim, nas Serras de Jacobina, situadas no norte da Chapada Diamantina, na Bahia, foram identificados em um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A pesquisa, que também teve o objetivo de determinar a situação de conservação dessas nascentes, foi divulgada recentemente em um artigo publicado pela Revista Enciclopédia Biosfera, periódico do Centro Científico Conhecer.

O trabalho foi realizado pelos pesquisadores Vladimir de Sales Nunes, estudante de Ciências Biológicas e presidente da Empresa Júnior (EJ) Preserve Jr; Bruno Cezar Silva, docente do Mestrado Profissional em Administração Pública (Profiap); Renato Garcia Rodrigues e Benoit Jean Bernard Jahyny, docentes do Colegiado de Ciências Biológicas (CCBio), e Gabriel Luiz Celante da Silva, biólogo graduado pela Univasf. O artigo “Determining the springs of two important rivers on the Serras da Jacobina Mountains, Chapada Diamantina, Bahia, Brazil” (Determinando as nascentes de dois rios importantes nas Serras da Jacobina, Chapada Diamantina, Bahia, Brasil) é resultado dos trabalhos de ecoturismo da Preserve Jr, EJ de Ciências Biológicas, e de outras pesquisas da Univasf que vêm sendo realizadas na Serra da Fumaça, desde 2019.

No estudo, realizado em 2022 com apoio do Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (Nema) e da Preserve Jr, os pesquisadores fazem um mapeamento das primeiras nascentes do Rio Fumaça e do Rio Aipim. A pesquisa também alerta para uma série de atividades que têm causado danos a essas áreas, como mineração, desmatamento, compactação do solo por gado e motos, poluição causada por turistas e queimadas.

O estudante Vladimir Nunes aponta que há uma grande carência de informações científicas sobre a região e que no único artigo encontrado sobre essa temática existem algumas inconsistências. “Nós descobrimos que naquela área há duas nascentes distintas. Uma dessas nascentes é o que chamamos de pontual ou fixa, onde a água brota diretamente do solo, sendo um tipo de nascente nova para esse rio. A outra nascente, do tipo difusa, está na verdade em um local completamente distinto de onde os autores do outro artigo defendiam”, pontua o estudante, que relata que a nascente do Rio Aipim foi encontrada por acaso enquanto retornavam para o acampamento.

O Rio Fumaça é um importante recurso natural na região das Serras de Jacobina e forma várias cachoeiras de grande potencial turístico, como Véu de Noiva, Poço das Estrelas e Sete Quedas na Serra da Fumaça, município de Pindobaçu (BA), que atrai muitos visitantes devido às riquezas naturais. Nunes ressalta que o artigo expõe os riscos aos quais a região está sujeita e oferece soluções, mostrando que é possível conciliar o desenvolvimento econômico com a conservação ambiental.

“No trabalho nós alertamos que o poder público não precisa expulsar as pessoas da área ou retirar sua fonte de renda para proteger a biodiversidade e os recursos naturais. Em vez disso, é necessário tomar medidas como o estabelecimento de Áreas de Preservação Permanente (APPs) em todas as nascentes da região, como é preconizado no Código Florestal. Outra medida que sugerimos para a Serra da Fumaça é a criação de uma Unidade de Conservação, em processo devidamente acompanhado por todos os setores envolvidos na região, de modo a proteger os recursos naturais e garantir a renda e atividades das populações locais”, conclui. (Por Portal Univasf).

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PIATÃ: Município também terá carnaval e já conta com atrações confirmadas; confira!

O circuito carnavalesco da Chapada Diamantina conta agora com mais um destino na rota, a …