terça-feira ,16 agosto 2022
Página Inicial / Noticias / Chapada: Polícia diz que óbito de médico encontrado morto em hospital de Brotas de Macaúbas, foi causado por overdose medicamentosa

Chapada: Polícia diz que óbito de médico encontrado morto em hospital de Brotas de Macaúbas, foi causado por overdose medicamentosa


Um médico que atuava no Hospital Municipal de Brotas de Macaúbas, cidade na região oeste da Bahia, foi encontrado morto dentro da unidade, no domingo (17). Ele foi identificado como Heitor Wagner Silva Oliveira e a suspeita inicial da polícia é que o óbito tenha sido causado por overdose medicamentosa. O profissional também atendia no distrito de Inúbia em Piatã na Chapada Diamantina.

O órgão informou que o caso foi registrado na Delegacia Territorial da cidade, que realizou perícia no hospital e removeu o corpo do médico para o Instituto Médico Legal (IML), para ser necropsiado. A polícia investiga se a morte foi proposital ou ocorreu de maneira acidental.
O g1 entrou em contato com a Secretaria da Saúde de Brotas de Macaúbas, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. Ao telefone, funcionários do hospital onde ocorreu a morte disseram que os responsáveis não estavam no local e não poderiam se manifestar sobre o caso.
Apesar de preferirem o silêncio, os colegas do médico colocaram faixas pretas e fotos do profissional na parte interna da unidade, em sinal de luto.


Heitor era natural da cidade de Paramirim, cerca de 220 quilômetros distante de onde trabalhava. A prefeitura da cidade natal do médico emitiu nota nas redes sociais lamentando a perda.
O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) também emitiu nota e disse que aguarda mais informações das autoridades locais a respetio da situação. Segundo a entidade, o óbito foi “uma morte súbita. de causa não divulgada até o momento”. (G1)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Anjos da Chapada controlam enxame de abelhas em frente ao Hospital da Chapada

Nesta segunda-feira (15), um enxame de abelhas surpreendeu quem passava pela calçada da Av. Francisco Costa, …