segunda-feira ,6 fevereiro 2023
Página Inicial / Justiça / CHAPADA: Prefeituras oferecem telefones e endereços para quem ainda não respondeu ao Censo possa fazê-lo; confira

CHAPADA: Prefeituras oferecem telefones e endereços para quem ainda não respondeu ao Censo possa fazê-lo; confira

FOTO: Divulgação/Montagem CN

O Censo deveria ter sido encerrado em dezembro 2023, mas foi prorrogado. Os recensiadores continuam, de porta em porta fazendo o levantamento para o Censo 2022, moradores que não responderam à pesquisa ainda podem fazê-lo, até, provavelmente o final de janeiro. Para as cidades onde não mais tem o recensiador em campo, prefeituras oferecem opções. É de suma importância que se responda a essa pesquisa.

Algumas prefeituras chapadeiras disponibilizaram telefones e endereços para que o morador possa responder ao Censo. É de suma importância que o retrato do município, o número de habitantes sejam o mais fieis possíveis, assim, a cidade não corre o risco de ser prejudicada no futuro. Confira:

Seabra – pelo WhatsApp (75) 99245-0138 ou o morador pode ir até o posto de coleta na Câmara de Vereadores.

Souto Soares – pelos números 75-9153-4715 ou 75-9153-2015. Ou se preferir você pode também ir ao posto de coleta do IBGE localizado na Av. José P. Sampaio, em frente à Embasa.

Boninal – pede para ligar no 137, das 08h às 21h30, se identificar e evitar prejuízo à cidade no futuro.

Iraquara – pede para aguardar visita de recenseador e se ele deixar uma folha de recado, ligue para agendar uma visita (o telefone deve estar na folha), caso contrário, sempre pode procurar a prefeitura.

Lençóis –  ao que não foram recenseados enviem mensagem para 75 998801117 e agende a visita. Ou compareça no prédio da UEFS e fale com a equipe do IBGE.

Utinga –  pede para procurar qualquer órgão da prefeitura municipal e explicar a situação

Wagner – pede para procurar a Secretaria de localizada na Av Dr. Wood, no Centro, e informe a sua situação.

O Censo Demográfico, levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é um levantamento muito importante para o país. Através dele, é possível analisar detalhes sobre como vive a população brasileira: renda, etnia, raça e grupo familiar.  Além disso, vários benefícios são feitos a partir do Censo: determinação do público-alvo das políticas públicas, detalhamento da população para campanhas de vacinação, recuperação pós-pandemia, transferência de orçamentos para estados e municípios, funcionamento do Bolsa Família e assistências como habitação, transporte, energia, saúde e educação.

Prefeituras de cidades de diversos estados do país vêm manifestando preocupação com uma possível queda de receita em decorrência da divulgação da prévia do Censo 2022. Em alguns casos, as estimativas indicam uma diminuição populacional o que afetaria a distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A pesquisa não foi concluída, mas representantes de 101 municípios na Bahia se queixam de grande perda dessa arrecadação. Os gestores alegam que existem divergência entre os dados de contagem populacional do Censo e os das prefeituras.

Dos 101 municípios da Bahia que tiveram queda no coeficiente do Fundo de Participação do Municípios 2023 e ameaçam recorrer à justiça, na região da Chapada Diamantina e adjacências estão: Andaraí, Bonito, Canarana, Macaúbas, Mairi, Marcionílio Souza, Rio do Pires, Ruy Barbosa, Souto Soares, Utinga, Várzea da Roça.

Procure sua prefeitura e responda ao Censo, para que seja mostrada uma estimativa real do seu município e ele não venha a sofrer prejuízos no futuro.

Atualizado em 09/01/2023 – inclusão Lençóis

Da Redação – Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PIATÃ: Município também terá carnaval e já conta com atrações confirmadas; confira!

O circuito carnavalesco da Chapada Diamantina conta agora com mais um destino na rota, a …