terça-feira ,2 março 2021
Página Inicial / Meio Ambiente / Chapada: Reunião marcada para hoje, irá tratar das cobranças do Mucugezinho.

Chapada: Reunião marcada para hoje, irá tratar das cobranças do Mucugezinho.

O Programa Jornal do Meio Dia que é transmitido pela Rádio Nova Web de Seabra recebeu no último 15 por telefone o secretário de Meio Ambiente Raimundo Baracho da cidade de Lençóis para falar sobre as denúncias que vêm sendo feitas por moradores e turistas devido a taxa que está sendo cobradas para utilização do rio mucugezinho.

As denúncias vêm acontecendo constantemente principalmente por parte dos moradores que alegam que o decreto de 2001, informa que a área do rio não tem dono, ou seja, não seria justo nenhum tipo de cobrança muitos menos para os nativos da cidade.

Segundo o secretário Raimundo Baracho: “a questão do rio mucugezinho é uma grande preocupação para gestão municipal, mesmo tendo apenas 45 dias de administração a frente do município.”

Ele reforçou durante a entrevista que, já foi feito uma audiência com o promotor ambiental da região Dr. Augusto e com o INEMA, o secretario completou dizendo que já tem uma reunião agenda também para sexta feira dia 19 com as pessoas que estão instaladas no lugar, como forma de resolver esse problema da melhor maneira possível dentro da legalidade.

O secretário também colocou que a gestão municipal tem se preocupado cada vez mais com segurança dos banhistas, visto que já aconteceu vários afogamentos no rio e para além disso uma preocupação constante é oferecer um serviço de qualidade.

O ancora do programa Nerisvaldo Sobrinho perguntou se é possível a situação do rio mucugezinho ficar semelhante ao Morro do Pai Inácio, onde é cobrado uma taxa para manutenção do espaço e ele respondeu dizendo que: “é uma possibilidade sim, principalmente pensando na entrega de um serviço de qualidade, a exemplo do próprio estacionamento que é muito procurado por quem é de fora e por isso que é necessário fazer o ordenamento de todas essas questões como forma de juntar informações antes de resolver diretamente esses impasses.”

O titular da pasta do meio ambiente da cidade de Lençóis fez questão de frisar durante a sua entrevista que essas questões ambientais não é responsabilidade apenas da gestão municipal, mas, sim de todos os órgãos de controle e fiscalização ambiental.

Ao final da entrevista o secretário se comprometeu em voltar ao programa, após a reunião de sexta-feira, com os moradores que estão instalados nas intermediação do Rio mucugezinho como forma de atualizar a todos dos encaminhamentos da reunião.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Bahia vai aplicar R$ 54,4 milhões enviados pelo governo federal no combate à pandemia

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) vai aplicar R$ 54,4 milhões enviados pelo governo …