segunda-feira ,16 maio 2022
Página Inicial / Noticias / CHAPADA: Suicídio de estudante de 14 anos cala, entristecidos, professores e alunos de Seabra e Iraquara

CHAPADA: Suicídio de estudante de 14 anos cala, entristecidos, professores e alunos de Seabra e Iraquara

Na manhã desta quarta-feira (4), alunos e professores da Escola Família Agrícola do Território da Chapada, localizada no município de Seabra, simplesmente calaram, em estado de choque. Toda a região chapadeira no entorno de Seabra está consternada. Todos querem entender por que um jovem estudante de 14 anos, resolveu dar fim à própria vida, na noite de terça-feira (3), na cidade de Seabra, na Escola Agrícola, onde estudava.

“Educador precisa ser de aço para suportar a partida de um aluno por isso é muito importante discutir a saúde mental dos Mestres e também dos alunos. É fundamental que eles tenham um suporte metal para entender que a vida pode ser passageira, mas prazerosa e que devemos aproveitar ao extremo os momentos felizes”, descreveu a professora Claudia Ramos ao Jornal do Meio-Dia da Nova Web Rádio.

O ocorrido trouxe à tona a necessidade de se prestar atenção aos sinais. É responsabilidade tanto da família como da escola. Todos precisam estar atentos e identificar os sinais que o adolescente dá. Como bem pontuou o Professor Rodrigo Santana ao Jornal, principalmente escolas em tempo integral, que é o caso da Escola Agrícola de Seabra, tem grande responsabilidade em observar e identificar os sinais.

Isso traz à tona a grande responsabilidade que o Governo também tem em dar suporte à rede escolar com psicólogos disponíveis tanto para alunos quanto para professores. Faz-se urgente, a sociedade, os órgãos públicos se unirem para debater sobre o tema. Casos de suicídio tem sido recorrente na região, é preciso acreditar que muitas vezes o ser humano precisa de suporte mental profissional.

“Vai além de notar [os sinais], muitas famílias também precisam acreditar. Existe muito a questão de desacreditar, de dizer que é frescura, é birra, é manha. É preciso acreditar que de fato existem essas possibilidades, esses déficits”, reforça Zete Frazão, locutora da Rádio.

A partida prematura e trágica como desse jovem estudante coloca a comunidade e a família em estado de profundo lamento. É lamentável, ver um jovem com uma vida tão cheia de perspectivas, partir, desistir, deixar para trás uma família repleta de dor e uma comunidade escolar atônita e sem respostas. Veja  video do Jornal do Meio Dia.

Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

IBITIARA: Prefeito quer ampliar mineração na região de Ibitiara

O Prefeito de Ibitiara, na Chapada Diamantina, Wilson Santos Souza, popularmente conhecido como Wilson de …

No Banner to display

Vídeo Destaque

Previsão