terça-feira ,5 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Chapada Diamantina / Chapada: Vereador de Utinga tem mandado cassado por quebra de decoro.

Chapada: Vereador de Utinga tem mandado cassado por quebra de decoro.

Na manhã de ontem, terça – feira (23), com seis votos a favor , dois contrários e três ausências, o vereador Rosário Guimarães, popularmente conhecido como Maradona, teve seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar na Câmara de Utinga.

Em uma Câmara composta por 11 homens e todos os suplentes do sexo masculino, a pressão feminina se impôs e prevaleceu durante a votação. No plenário lotado de mulheres, os parlamentares seguiram o entendimento da Delegacia de Polícia (Depol) e do Ministério Público (MP), que também apresentaram denúncias junto ao Judiciário e ainda solicitaram medidas protetivas contra o agora ex-vereador.

No local, diversos familiares da vítima acompanharam o julgamento, que transcorreu sem maiores transtornos. A comemoração foi intensa entre o grupo ao ser anunciado o resultado da votação, confirmando a cassação do vereador Maradona.

Em seus pronunciamentos, Maradona negou ter cometido o crime contra a moradora de Utinga, mas não conseguiu explicar por que estava no quintal de Marta em um feriado, considerando que os agentes comunitários trabalham apenas em dias úteis.

Nesta madrugada, Rosário Guimarães tentou obter uma liminar, porém, teve seu pedido negado em duas instâncias pelo Poder Judiciário. Com a decisão de cassação de seu mandato como vereador em Utinga, Maradona agora enfrenta uma inelegibilidade de oito anos, ficando impedido de concorrer a qualquer cargo público nesse período.

Com informações do Jornal da Chapada

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Suspeito de assalto em Ibicoara é capturado pela Polícia em Barra da Estiva

A Polícia deteve, em Barra da Estiva, situada na região da Chapada Diamantina, um indivíduo …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]