quarta-feira ,8 dezembro 2021
Página Inicial / Política / Comandantes das Forças Armadas resolvem entregar cargos após saída de ministro

Comandantes das Forças Armadas resolvem entregar cargos após saída de ministro

Os comandantes do Exército (Edson Pujol), Marinha (Ilques Barbosa) e Força Aérea (Antônio Carlos Bermúdez) decidiram entregar os cargos. O ato será feito em reunião com o novo ministro da Defesa, general Walter Braga Netto na manhã desta terça (30).

 Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o objetivo é acompanhar a saída do general Fernando Azevedo da pasta, demitido pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (29) após seguidas negativas de apoio político ao governo federal.De acordo com um interlocutor de Azevedo, a relação entre os dois, que já vinha dando sinais de deterioração, chegou ao limite a partir da semana passada, quando Bolsonaro voltou a insinuar que queria o apoio do Exército para decretar Estado de Sítio em estados que aplicaram medidas restritivas de circulação de pessoas para combater a pandemia.

Ainda conforme o jornal, o combinado entre os comandantes, que se encontraram com Azevedo e depois fizeram uma reunião, era entregar o cargo conjuntamente. Braga Netto pediu para que eles esperassem e se encontrassem nesta terça-feira.

Se Pujol (Exército), Barbosa e Bermudez (Aeronáutica) saírem juntos, isso terá sido inédito. Há expectativa de que dois últimos podem ficar, para evitar ainda mais turbulência.

Caso opte por deixar os cargos, o trio pretende deixar engatilhada a costura dos novos nomes dos comandantes, para sugerir que não houve insubordinação. Na FAB e na Marinha a situação é relativamente tranquila, por serem forças de menor peso relativo.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

ACM pretende criar núcleos de atendimento em cidades baianas caso ganhe eleição

Candidato virtual ao governo do estado na próxima eleição, ACM Neto (DEM-União Brasil) anunciou que …