sábado ,23 outubro 2021
Página Inicial / Entretenimento / Devinho Novaes é detido após promover festa com aglomeração em Sergipe. Cantor pede desculpas

Devinho Novaes é detido após promover festa com aglomeração em Sergipe. Cantor pede desculpas

O cantor Devinho Novaes foi detido, na madrugada desta sexta-feira (4), após promover uma festa com aglomeração em Aracaju (SE), o que é proibido por decreto do governo estadual em razão da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, cerca de 20 pessoas estavam no local. Segundo a pasta, houve resistência dos participantes e um deles partiu para o enfrentamento à ação policial. Ele foi baleado com munição não letal e levado para um hospital.

Devinho e o grupo foram conduzidos para uma delegacia. O cantor foi liberado depois de assinar um Termo Cirscunstanciado de Ocorrência (TCO).

A assessoria de comunicação de Devinho Novaes alega que o artista foi convidado para uma reunião de um pequeno grupo para comemorar o aniversário de um amigo perto da sua casa e, ao chegar, encontrou cerca de 20 pessoas.

“E logo foi surpreendido com a chegada da polícia que foi fiscalizar o local e interromper a festa. Devinho respeitou e colaborou com o trabalho da Polícia Militar, assinou a advertência e se comprometeu em nao participar de eventos”, afirma a nota.

“O cantor já está em casa desde o início da madrugada e pede desculpas ao público pelo ocorrido. Como artista tem a responsabilidade de seguir os decretos governamentais e incentivar seus fãs”, continua.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa, o cantor “está focado” nos ensaios para as suas próximas lives e participações.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Vazamento interrompe fornecimento de água na região de Irecê

A Embasa detectou, agora há pouco, um vazamento na adutora do São Francisco. O abastecimento …