Página Inicial / Acidente / Dois dias após aniversário, caminhoneiro morre em acidente entre Guanambi e Caetité

Dois dias após aniversário, caminhoneiro morre em acidente entre Guanambi e Caetité

foto – reprodução/redes sociais

No final da tarde desta quinta-feira (09), por volta das 17h30, uma carreta tipo Tração trator de rodas (guindaste), com licença de Aparecida (SP), tombou, aproximadamente no quilômetro 7, na BR-030, sentido Guanambi e Caetité, no Sudoeste da Bahia. De acordo com o site Agência Sertão.
Logo após o acidente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), o Corpo de Bombeiros e agentes da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran) foram acionados e se deslocaram até o local.
Como, no acidente, a carreta havia percorrido cerca de trinta metros na pista, fazendo um corredor dentro da vegetação, o Corpo de Bombeiros foi o primeiro a iniciar os procedimentos. Foi necessária a utilização de um desencarcerado para retirar a vítima que ficou presa nas ferragens.

Infelizmente, o condutor, identificado como Sebastião Reinaldo, de 49 anos, não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo no local. Ele era natural de Jacareí, São Paulo, havia comemorado aniversário na terça (07) e  segundo informações de pessoas que compareceram ao local, estava retornando para seu estado.

Publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) compareceu ao local para registro da ocorrência, e, logo em seguida, o Departamento de Polícia Técnica (DPT), também, esteve presente para realizar a perícia e, posteriormente, a remoção do corpo.
O veículo pertencia à empresa Serveng Civilsan SA empresas associadas. Os trabalhos foram encerrados por volta das 21h30. E contou com a presença das equipes do Samu, da Smtran, da Polícia Militar, da PRF, do Corpo de Bombeiros e do DPT.

Vinny Publicidade

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

CHAPADA: Morrem dois irmãos da cidade de Souto Soares, ao sofrerem acidente que deixou seis feridos, após Show de São João antecipado em Iraquara

Dois irmãos, Alessandro Oliveira Cedro e Alex Oliveira, menores de idade, não resistiram a um …