segunda-feira ,4 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Notícias / Dupla mata sete pessoas após perder jogo apostado em bar no Mato Grosso

Dupla mata sete pessoas após perder jogo apostado em bar no Mato Grosso

Bar da chacina e suspeitos | FOTO: Reprodução

Dois homens mataram sete pessoas depois de perderem um jogo de sinuca em um bar na cidade de Sinop, no bairro Jardim Lisboa, no interior do Mato Grosso, na tarde desta terça-feira (21). De acordo a Polícia Militar, os colegas teriam zombado da dupla por perder a partida. As informações são do G1.

Segundo o tenente Romening dos Santos Silva, após perderem duas partidas em que apostaram dinheiro, os homens foram alvo de piadas das pessoas que participavam do jogo. Revoltados, eles foram até o carro e pegaram duas armas.

Um deles, com uma arma curta, pistola 38, rendeu as pessoas e as colocou contra a parede. Enquanto o outro chegou com uma espingarda calibre 12 e atirou nas vítimas. Ainda conforme a polícia, cinco homens e a adolescente de 12 anos foram mortos. Uma outra pessoa foi socorrida em estado grave, mas não resistiu.

“Da forma como aconteceu, fica claro que algumas vítimas podem nem ter envolvimento com o jogo que estava acontecendo no estabelecimento”, disse o tenente. Antes de fugirem na caminhonete, um dos suspeitos pega uma quantia de dinheiro que está em uma das mesas de sinuca, além de outros objetos. A identidade das vítimas não foi informada até a última atualização desta reportagem.

A Polícia Civil identificou na noite dessa terça-feira (21), os dois atiradores responsáveis pela chacina em um bar de Sinop, a 503 km de Cuiabá. Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, e Ezequias Souza Ribeiro, de 27 anos, estão foragidos e já tiveram sua prisão preventiva decretada.

O que se sabe sobre a chacina até agora

Onze pessoas estavam no local — os dois autores do crime, o homem que estava jogando com eles, o dono do bar e mais sete clientes.

Ezequias tem passagens pela polícia por porte de arma ilegal, roubo, formação de quadrilha, lesão corporal e ameaça, além de possuir um mandado de prisão em aberto.

Edgar tem passagem na polícia por violência doméstica.

Vítimas da Chacina | FOTO: Reprodução

Quem são as vítimas?
Seis homens e uma adolescente de 12 anos foram mortos.

  • Larissa Frasao de Almeida, de 12 anos (filha de Getúlio, que também foi morto, e de Raquel Gomes de Almeida, que sobreveu à chacina).
  • Getúlio Rodrigues Frasão Júnior, de 36 anos (pai de Larissa e marido de Raquel Gomes de Almeida, que sobreveu à chacina);
  • Orisberto Pereira Sousa, de 38 anos, cliente do bar;
  • Adriano Balbinote, de 46 anos, cliente do bar;
  • Josué Ramos Tenório, de 48 anos, cliente que parou para assistir a partida de sinuca
  • Maciel Bruno de Andrade Costa, de 35 anos
  • Elizeu Santos da Silva – 47 anos (ele chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no hospital

Há sobreviventes?
O delegado Bráulio Junqueira afirmou que nove pessoas foram rendidas e apenas duas delas sobreviveram, sendo a mulher de Getúlio, Raquel Gomes de Almeida, e o sobrinho dele, Luiz Carlos Souza Barbosa.

Qual foi a motivação para o crime?
Edgar e Ezequias teriam perdido algumas partidas de sinuca para Getúlio, o que teria motivado o crime.
Os jogos eram apostados e os suspeitos teriam perdidos mais de R$ 4 mil.
Segundo o delegado, Edgar ficou revoltado com a derrota e, em seguida, deu um sinal para Ezequias, que rendeu todas as pessoas, enquanto o comparsa pegava uma espingarda no carro e, depois, iniciaram as execuções.

Cronologia do crime

  • O suspeito Edgar e a vítima Getúlio combinaram, dias antes, de jogar sinuca, apostado, no bar onde o crime ocorreu.
  • Na manhã dessa terça-feira (21), os dois iniciaram as apostas. Edgar perdeu cerca de R$ 4 mil e foi para casa.
  • Getúlio continuou no bar, junto com a esposa e a filha, onde almoçaram e ficaram conversando com amigos.
  • Durante a tarde, Edgar voltou na companhia de Ezequias e desafiaram Getúlio novamente.
  • O clima no local era tranquilo e não houve discussão ou qualquer outra desavença, segundo testemunhas relataram ao delegado.
  • A dupla perdeu mais partidas para Getúlio. Edgar fica revoltado, joga o taco de sinuca na mesa, dá um sinal para Ezequias, que rende todas as pessoas, enquanto o comparsa pega uma espingarda no carro.
  • Ezequias dá um tiro em Bruno, dono do bar, e depois um tiro pelas costas do Getúlio, que cai, e recebe mais dois disparos na cabeça.
  • Enquanto isso, Edgar dispara nas outras vítimas que estavam no local.
  • Três pessoas correm para fora do bar, entre elas a adolescente, mas são atingidos pelas costas e morrem. Uma conseguiu fugir.
  • Após a execução, os homens pegam o dinheiro que está em uma das mesas de sinuca e outros objetos pelo bar e fogem em uma caminhonete que estava estacionada em frente ao local.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Projeto mobiliza alunos para enfrentamento da violência digital no Colégio Estadual de Campo Filinto Justiniano Bastos

Assuntos como fake news, autoimagem e cyberbulling são debatidos pelos estudantes Assuntos como fake news; …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]