quarta-feira ,27 maio 2020
Página Inicial / Saúde / Em 6 meses, policlínicas no interior da Bahia ultrapassam marca de 100 mil atendimentos

Em 6 meses, policlínicas no interior da Bahia ultrapassam marca de 100 mil atendimentos

Foto: Divulgação

Em funcionamento há seis meses, as Policlínicas Regionais de Saúde localizadas em Teixeira de Freitas, Irecê, Jequié e Guanambi ultrapassaram a marca de 100 mil atendimentos, entre consultas com especialistas, exames diagnósticos e de imagem, além de pequenos procedimentos. Além destas unidades, o governo do estado inaugurou ainda, esta semana, a policlínica de Feira de Santana e, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), outras três estão previstas para abrir em junho deste ano.

“Com esse modelo, conseguimos ofertar serviços que não existiam no interior do estado e evitar que as pessoas precisem se deslocar longas distâncias ou aguardar muito tempo para atendimento,” afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. As policlínicas funcionam em um modelo de consórcio, no qual municípios de uma região se unem para dividir os custos da assistência à saúde, com o apoio do governo do estado, que constrói as unidades de atendimento, com um aporte de R$ 24 milhões cada, e arca com 40% dos custos mensais de funcionamento. Os demais 60% são divididos entre os municípios, de acordo com a população. Entre os exames ofertados endoscopia digestiva, ecocardiograma, tomografia computadorizada e ressonância magnética.(BN)

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Piatã registra seu primeiro caso confirmado da Covid-19; contaminado esteve em São Paulo

A prefeitura de Piatã, município localizado na Chapada Diamantina, registrou, na última sexta-feira (22), seu …

Deixe uma resposta