quinta-feira ,29 setembro 2022
Página Inicial / Economia / Em ranking global, Brasil aparece como segundo pior lugar para se aposentar

Em ranking global, Brasil aparece como segundo pior lugar para se aposentar

Foto: Reprodução

O Brasil apareceu como segundo pior lugar para se aposentar em um ranking global com 44 países, ficando atrás apenas da Índia. O relatório é feito pela consultoria de investimentos Natixis, que cruza diferentes dados relativos a saúde, qualidade de vida, inflação e bens materiais para chegar ao resultado final.

Em contrapartida, os melhores locais para se aposentar, segundo o índice, são Noruega, Suíça, Islândia, Irlanda e Austrália. O primeiro país das Américas a aparecer no ranking , o Canadá, ocupa a 15ª posição; entre os latinos, o Chile aparece em 34º.

O índice avalia países integrantes de blocos econômicos como a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e os BRICS, do qual o Brasil faz parte. Entre os 18 indicadores de performance, o relatório dá destaque para a inflação -que tem batido recordes de mais de 40 anos em alguns países.

“Custos crescentes podem representar uma ameaça significativa para a segurança dos aposentados por erosão do poder aquisitivo. Institucionalmente, os investidores serão desafiados a preservar os ativos de forma mais volátil no ambiente de investimento”, diz a análise feita pelo próprio relatório.

Em termos geracionais, também há destaque para a aposentadoria dos “baby boomers”, nascidos entre 1945 e 1964 e da pressão sobre os sistemas de pensão, que devem sofrer um “teste de pressão como nunca antes”.

No Brasil, a pior nota foi atribuída ao acúmulo de bens materiais. Os países latinos que apareceram na pesquisa estão todos entre os dez piores locais quando o tópico é a quantidade de bens materiais na fase idosa. Entre eles, o Brasil é pior.

Os fatores de pressão para a nota ruim nesta categoria são cumulativos, e consideram a igualdade salarial no país, a renda per capita e a taxa de desemprego.

O país também aparece em penúltimo, perdendo para a Rússia, para a análise do valor da aposentadoria média obtida. Este requisito, além da inflação, considera a dependência financeira da aposentadoria na terceira idade, o endividamento do governo e as políticas públicas voltadas para a aposentadoria, entre outros.

Quando se considera a pressão da população mais velha sobre a economia, porém, o Brasil aparece em quinto lugar.

Para investidores na previdência, o maior erro é subestimar a inflação. O índice também aponta os 10 maiores erros para aqueles que investem a fim de assegurar um futuro mais tranquilo. O maior deles é não considerar as perdas sofridas com a inflação, seguido por subestimar, também, a própria longevidade.

Em terceiro lugar, aparece o cuidado para não aumentar muito os valores aplicados periodicamente, bem como ser muito conservador para a aposentadoria e esperar retornos “não realistas” dos investimentos feitos.
VEJA O RANKING COMPLETO DO ÍNDICE DE MELHORES PAÍSES PARA SE APOSENTAR:
1.Noruega;
2.Suíça;
3.Islândia;
4.Irlanda;
5.Austrália;
6.Nova Zelândia;
7.Luxemburgo;
8.Holanda;
9.Dinamarca;
10.República Tcheca;
11.Alemanha;
12.Finlândia;
13.Suécia;
14.Áustria;
15.Canadá;
16.Israel;
17.Coreia do Sul;
18.Estados Unidos;
19.Reino Unido;
20.Bélgica;
21.Eslovênia;
22.Japão;
23.Malta;
24.França;
25.Estônia;
26.Polônia;
27.Cingapura;
28.Portugal;
29.Chipre;
30.Eslováquia;
31.Itália;
32.Hungria;
33.Lituânia;
34.Chile;
35.Letônia;
36.México;
37.Rússia;
38.Espanha;
39.China;
40.Grécia;
41.Turquia;
42.Colômbia;
43.Brasil;
44.Índia.
CN com informações do Bnews.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

CHAPADA: Novas rotas aéreas chegam para fortalecer o turismo da Chapada Diamantina

O turismo da Chapada Diamantina será ainda mais fortalecido e terá o acesso facilitado ao …