terça-feira ,28 setembro 2021
Página Inicial / Entretenimento / Galvão Bueno esbraveja ao vivo após interrupção de Brasil x Argentina: “Vergonha”

Galvão Bueno esbraveja ao vivo após interrupção de Brasil x Argentina: “Vergonha”

O narrador Galvão Bueno esbravejou ao vivo e criticou a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) após a paralisação do clássico entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, neste domingo (5).

“Queria saber quem é da CBF interferiu nesse assunto? Quem? Essas pessoas têm que ter seus nomes tornados públicos pra que isso não acontecesse, uma vergonha no futebol mundial. É um dos maiores clássicos do mundo”, esbrevejou o narrador da Globo.

As confederações estão sendo acusadas de atuar nos bastidores para liberar que jogadores argentinos, que passaram nos últimos 14 dias pelo Reino Unido, não cumprissem a devida quarentena exigida no Brasil e entrassem em campo. “As leis e determinações sanitárias de cada país têm que ser respeitadas. Não são as autoridades esportivas que têm que entender que não seja assim”, completou Galvão.

O narrador ainda fez críticas contra o Governo Bolsonaro. “Se existe um protocolo para entrar no Brasil, por que eles não tiveram que cumprir? Claudinho e Malcom do Zenit, da Rússia, foram chamados de volta porque eles perderiam jogos da Champions League. E eles são liberados? O governo brasileiro, irresponsavelmente, permitiu isto. Foram irresponsáveis”.

Por descumprimentos de protocolos sanitários da Argentina, a Anvisa interferiu no clássico contra o Brasil e interrompeu o jogo. O time argentino deixou o local e já está no vestiário. Mais cedo, a agência afirmou que os jogadores Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero entraram de forma irregular no país. Integrantes do órgão entraram em campo ao lado de agentes da Polícia Federal.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

LENÇÓIS: Médicos da Expedição Dharma desembarcam em comunidades rurais da cidade e levam atendimento para quase 1000 pessoas

Na última semana de agosto, cerca de 20 médicos de diversas especialidades, do Instituto Dharma, …