quarta-feira ,25 maio 2022
Página Inicial / Política / Governo de SP retira campanha sobre limpeza de pênis após pedido de deputado

Governo de SP retira campanha sobre limpeza de pênis após pedido de deputado

O Governo de São Paulo retirou cartazes da campanha ‘Lave o Dito Cujo’, sobre higienização correta do pênis, das estações de metrô da capital. O material foi recolhido nesta sexta-feira (19), após uma reclamação do deputado estadual Tenente Nascimento (PSL).

A campanha, criada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), tinha ilustrações do órgão genital com objetivo de alertar os homens sobre o câncer de pênis, segundo informações do portal G1. O projeto foi planejado como reforço de alerta durante o Novembro Azul, mês de conscientização sobre o câncer de próstata e saúde do homem.

“Nosso entendimento é que esta exposição em um local público de grande circulação, com acesso irrestrito, como uma estação do Metrô, é inadmissível sob a ótica cultural, educacional, social e religiosa, pois é uma afronta aos costumes e a tradição da família brasileira, razão pela qual se formula o presente requerimento visando a imediata retirada do cartaz intitulado ‘Lave o Dito Cujo’, que contém cerca de 40 desenhos expondo a genitália masculina, constrangendo homens, mulheres e crianças que passam pelo local diariamente”, diz o deputado Nascimento no documento. O parlamentar, que se define como bolsonarista, conservador e de direita, protocolou um requerimento e uma moção de repúdio contra a campanha na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Ainda de acordo com o G1, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos afirmou que a “a campanha foi retirada das estações por não atender às diretrizes médicas para prevenção do câncer de próstata, que é o objetivo do Novembro Azul”.

“Lavar o pênis, apesar de ser uma importante medida para evitar uma série de doenças, não é uma das formas para prevenir esse tipo de câncer, mas sim o exame de toque da próstata e o exame de sangue PSA. A peça, ao fazer relação ao Novembro Azul, pode dar uma falsa sensação de proteção à população, sendo estes exames as únicas formas de detecção precoce da doença”, diz o texto.

Apesar disso, o Instituto Lado a Lado pela Vida argumenta que o Novembro Azul também alerta sobre o câncer de pênis. O Instituto lamentou a retirada dos cartazes, que haviam sido instalados na última quinta-feira (18), e afirmou que criou a campanha com o objetivo de apresentar o problema do câncer de pênis de “forma lúdica”.

“O Instituto Lado a Lado pela Vida lamenta que formuladores de políticas públicas entendam que falar de uma doença negligenciada, que leva a óbito e mutila milhares de homens no país seja ‘uma afronta aos costumes da família brasileira'”, disse o instituto em nota.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta que os principais fatores desse tipo de câncer são higiene íntima inadequada e infecção por HPV. (Bahia Noticias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Doria desiste de pré-candidatura à Presidência “com o coração ferido e a alma leve”

Eles alegam que sentaram com vc e fecharam os pontos relevantes pra categoria. Sentou com …

No Banner to display

Vídeo Destaque

Previsão