segunda-feira ,4 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Economia / Governo Federal deve excluir 1,5 milhão de beneficiários irregulares do Bolsa Família

Governo Federal deve excluir 1,5 milhão de beneficiários irregulares do Bolsa Família

Foto: Reprodução/FDR

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome divulgou nesta sexta-feira (24) que 1,5 milhão de beneficiários do Bolsa Família serão removidos do programa por irregularidades cadastrais.Segundo a pasta, os cadastrados recebem renda acima do limite para receber o auxílio, e 400 mil são formados por registros unifamiliares, ou seja, que se registraram como morando sozinhos.

“Já agora, em março, vamos tirar mais de 1,5 milhão dos cerca de cinco milhões em que estamos focados. Temos segurança de que essas não preenchem os requisitos”, declarou o ministro Wellington Dias.

Ele ressaltou ainda que a pasta quer retirar as pessoas que recebem indevidamente o Bolsa Família e incluir no programa os necessitados.

“Com a busca ativa e a rede do Sistema Único de Assistência Social, que é muito preparada e muito competente, nós temos condições agora de trazer também para o recebimento quem tem o direito e estava na fila, estava fora”, acrescentou. “A decisão do presidente Lula é dar a mão a essas pessoas e trazê-las para o programa. Aproximadamente 700 mil já entrarão agora em março”, completou.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Desemprego de mulheres e negros termina 2023 acima da média nacional.

A taxa de desocupação de mulheres e negros (conjunto de pretos e pardos) terminou 2023 …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]