terça-feira ,5 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Polícia / Igaporã: Exame confirma envenenamento de homens

Igaporã: Exame confirma envenenamento de homens

O resultado de um exame divulgado pela Polícia Civil confirmou Lindolfo Fagundes Neto, 61 anos, e Charles Prates Fernandes, 19 anos, morreram vítimas de intoxicação após ingerirem bebida alcoólica em um bar, em Igaporã, no sudoeste da Bahia.

No dia 25 de março, quatro homens estavam em uma loja para revenda de produtos e defensivos agrícolas na Avenida Ayrton Senna, quando consumiram um líquido e passaram mal. Lindolfo Fagundes Neto, 61 anos, e Charles Prates Fernandes, 19 anos, morreram após dar entrada no Hospital Municipal José Olinto Cotrim, já outros dois sobreviveram.

O delegado Adir Pinheiro, responsável pelo caso, disse em entrevista à Rádio Igaporã, que os testes demonstraram que havia somente um produto para matar insetos em um dos frascos periciados, enquanto o outro ainda se encontra sob análise do Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Salvador, para obtenção de resultados mais minuciosos.

O resultado inicial da perícia confirma que as quatro pessoas ingeriram o veneno contra insetos pensando que se tratava de cachaça. Pinheiro disse que a polícia acredita que a ocorrência foi uma fatalidade, sem a configuração de atitude criminosa.

A partir dos depoimentos colhidos e do laudo da perícia técnica, o delegado considera que pode ter havido alguma espécie de infração sanitária com a distribuição da bebida em um ambiente de produtos tóxicos.

A Polícia Civil aguarda os resultados dos exames periciais restantes para concluir o inquérito.

Fonte: Boquira em Ação

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Perseguição termina com acusado preso no centro comercial da cidade

Na última quarta – feira (28) o centro da cidade de Seabra teve uma manhã …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]