terça-feira ,13 abril 2021
Página Inicial / Noticias / Incêndios florestais entre Mucugê e Andaraí completam dois meses.

Incêndios florestais entre Mucugê e Andaraí completam dois meses.

Após dois meses de incêndios florestais na região da Chapada Diamantina instituições oficiais do Governo, bem como Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), confirmam que foi queimado 3.427 hectares de terras entre as cidades chapadeiras de Mucugê e Andaraí.

As queimadas se espalharam por áreas da Chapada como Parque Nacional, Capa Bode, Parque Municipal de Andaraí e Parque Municipal Sempre Viva, em Mucugê. Segundo Rogério Miranda, brigadista, guia e geógrafo, algumas áreas queimadas estavam preservadas havia cerca de 30 anos, sem registro de queimadas.

Segundo foi apurado por nossa equipe de reportagem do Chapada News, até o momento, não há comprovação do que pode ter provocado o incêndio que começou no dia 6 de outubro, em Andaraí, e só foi considerado extinto no dia 12 de outubro, já na região de Mucugê. Uma perícia já foi realizada, mas ainda não foi apresentado o relatório final do caso.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Turismo de Andaraí, Emílio Tapioca: “Todo incêndio pode ser acidental ou proposital, mas isso é a perícia que vai dizer”. O secretário Tapioca também informou que os impactos no turismo poderiam ocorrer após o incêndio, mas ainda assim, é algo que pode ser recuperado. “Tivemos uma perda dessa biodiversidade, e isso gera um pouco de impacto, mas nada que não seja recuperado. Toda a natureza deverá se recompor. Apesar do impacto que isso possa vir a ter, não é tão alarmante”.

A visitação aos parques está suspensa em alguns trechos, mas não está condicionada ao incêndio e sim à pandemia da COVID-19. “O Parque Municipal Rota das Cachoeiras em todo o período da pandemia manteve-se fechado, mesmo porque o mesmo está sob processo de regulamentação e acompanhamento do MPE (Ministério Público Estadual) quanto à elaboração do plano de manejo da unidade de conservação.

O trabalho no combate aos incêndios contou com o empenho de 37 bombeiros militares e mais de 200 brigadistas ligados a órgãos ambientais e voluntários. O Governo do Estado viabilizou o envio de seis aviões Air Track e um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) para auxiliar na contenção das chamas.

Para além da participação da população que se organizou com arrecadação de alimentos e distribuindo a refeições para quem estava lá combatendo o fogo.  Todos os voluntários foram acolhidos em uma escola da comunidade que serviu como base de apoio.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Para frear Covid-19, região de Irecê terá medidas mais restritivas a partir desta terça

A partir desta terça-feira (13), 25 municípios da região de Irecê terão medidas mais restritivas …