sexta-feira ,21 janeiro 2022
Página Inicial / Meio Ambiente / Iraquara, Andaraí e mais 14 cidades tem situação de emergência por incêndio florestal reconhecido pelo Estado.

Iraquara, Andaraí e mais 14 cidades tem situação de emergência por incêndio florestal reconhecido pelo Estado.

Foto: Ilustrativa

O governo da Bahia decretou situação de emergência em 16 cidades baianas afetadas por incêndio florestal, que abrange incêndios em Parques, Áreas de Proteção Ambiental e Áreas de Preservação Permanente Nacionais, Estaduais ou Municipais, e incêndios em áreas não protegidas com reflexos na qualidade do ar.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado, as cidades chapadeiras como Andaraí, Iraquara e Iramaia estão na lista, onde consta também Barra, Barreiras, Buritirama, Campo Alegre de Lourdes, Correntina, Cotegipe, Ibotirama, Itaguaçu da Bahia, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Paratinga, Riachão das Neves e Santa Maria da Vitória foram afetadas po incêndio florestal.

Segundo o decreto, cica determinada a suspensão de quaisquer atividades capazes de produzir risco potencial de geração de novos focos de incêndio. Fica também autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem em colaboração com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e demais órgãos de proteção ambiental nas ações de resposta aos desastres, reabilitação do cenário e reconstrução; além da autorização para a convocação de voluntários para reforçar as ações.

As cidades ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta aos desastres, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização dos desastres, vedada a prorrogação dos contratos. O prazo do decreto é de 90 dias.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PALMEIRAS: Após seis meses de ser reconstruído, banheiro comunitário do Vale do Capão continua fechado

Há mais de 30 anos, a feirante Raimunda Novaes cumpre semanalmente a mesma rotina: todo …