segunda-feira ,6 fevereiro 2023
Página Inicial / Justiça / IRAQUARA: Moradora de Esconso pede doações para cinco crianças, seus irmãos, que o Conselho Tutelar retirou do seu pai

IRAQUARA: Moradora de Esconso pede doações para cinco crianças, seus irmãos, que o Conselho Tutelar retirou do seu pai

FOTO: Divulgação

Uma moradora da localidade de Esconso, comunidade de Iraquara, na Chapada Diamantina, pede ajuda para manter cinco crianças, que são seus irmãos e vieram morar com ela, inesperadamente, após o Conselho Tutelar de Canarana retirar esses irmãos da convivência de seu pai, que é alcóolatra e de sua madrasta, devido a “várias denúncias de negligência e de maus tratos”, conforme relata o Conselho Tutelar de Canarana.

A moradora, identificada como Patrícia, contatou o Jornal do Meio-Dia e o Chapada News nesta sexta-feira (6) pedindo ajuda para manter essas crianças, pois, antes em sua casa que era apenas de três pessoas (Patrícia, o marido e o filho) já se mantinham com aperto e agora, tudo ficou mais difícil. Hoje a família passou a ter 8 pessoas. Vieram para Patrícia um bebê de cinco meses, gêmeos com outro que ficou sob a guarda de outra irmã, uma menina de 5 anos, outra menina de 11 anos, um menino de 14 anos e outro irmão maior de idade, de 18 anos.

Toda doação será bem-vinda: alimentos, leite, roupas, dinheiro. Em Seabra, as doações podem ser deixadas no Salão de Neta, no sopé da ladeira do bairro Boa Vista. Em Iraquara, pode ser entregue à própria Patrícia, na localidade de Esconso.

O Conselho Tutelar de Canarana chegou a emitir Nota de Esclarecimento à população, depois que diversas postagens em redes sociais questionavam a condição de uma senhora usando crianças para pedir nas ruas da cidade. O comunicado diz que a família já era acompanhada pelo Conselho e que o pai é um senhor aposentado recebendo BPC (Benefício de Prestação Continuada) do INSS. O Conselho Tutelar, juntamente com a Polícia Militar e Assistência Social do Município retirou as crianças do convívio dos genitores, devido à várias denúncias de negligência e maus-tratos e encaminharam para outro município, porque parentes de Canarana não aceitaram ficar com as crianças, mas, aos que desejam fazer doações podem entregar as doações no Conselho Tutelar de Canarana ou para qualquer Conselheiro da cidade. Acompanhe caso na íntegra no vídeo abaixo.

Da Redação-Chapada News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

PIATÃ: Município também terá carnaval e já conta com atrações confirmadas; confira!

O circuito carnavalesco da Chapada Diamantina conta agora com mais um destino na rota, a …