quinta-feira ,30 junho 2022
Página Inicial / Noticias / Itaberaba: Depois de indecisão entre Rui e ACM, prefeito de Itaberaba anuncia apoio a ACM Neto

Itaberaba: Depois de indecisão entre Rui e ACM, prefeito de Itaberaba anuncia apoio a ACM Neto

O prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas (PP), anunciou apoio às pré-candidaturas de ACM Neto (União Brasil), ao Governo da Bahia, na noite de quinta-feira (09), durante encontro com o aliado. O gestor e o vice-prefeito Davi Anjos afirmaram que seguirão a aliança do Progressistas Bahia com o ex-prefeito de Salvador.

“Falamos sobre a política estadual da região da Chapada Diamantina no cenário baiano. Vamos seguir nosso partido, o  PP, junto com a liderança estadual, o vice-governador João Leão. Conto com todos vocês nessa caminhada! Sempre serei grato a todos que nos ajudaram até aqui. Vamos em frente”, declarou o prefeito.

Durante o encontro, ACM Neto agradeceu a decisão do prefeito Ricardo Mascarenhas. “Fico muito feliz em contar com o apoio do prefeito e do vice de Itaberaba, uma das mais importantes cidades da Bahia. E fico ainda mais feliz porque ele acreditou que a Bahia pode mais e, principalmente, porque nosso grupo tem os melhores projetos para o desenvolvimento da Bahia . Se Deus e o povo me derem a oportunidade de governar a Bahia, em apenas dois anos vou fazer mais por Itaberaba do que o PT fez em 16”, afirmou ACM Neto.

Participaram também do encontro, no município da Chapada, o candidato a vice e deputado; Cacá Leão (PP), os deputados federal Marcelo Nilo (Republicanos) e estadual Marcelinho Veiga (UB), além da primeira-dama Suzana Matias.

O prefeito de Itaberaba estava em um conflito político com o Governador do Estado Rui Costa. Ricardo revelou uma pressão do Governo da Bahia para que ele se posicionasse politicamente. Em entrevista à Rádio Diamantina FM, o gestor acusou que “alguém” da administração estadual, que ele disse que só revelaria o nome se o governador Rui Costa (PT) o perguntasse, ameaçou não concluir uma obra, caso ele não definisse apoio para eleição ao governo da Bahia em outubro de 2022.

Mascarenhas havia sugerido que na semana anterior, em reunião com o secretário estadual de Relações Institucionais, Luiz Caetano, houve uma chantagem. “Perguntou: ‘e o hospital? Resolva a vida do seu hospital’, querendo, em outras palavras, que eu definisse a vida política”, pontuou.

HOSPITAL

Na época, em nota a secretária de Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, acusou a gestão municipal de não responder para colocar o Hospital Regional de Itaberaba em funcionamento.

Em resposta, Mascarenhas disse que a fala de Adélia “foi infeliz e maldosa”.

Para Mascarenhas, a fala da secretária foi para pressionar o prefeito a anunciar o apoio na eleição. “Rui para mim foi um grande governador, um dos melhores do Brasil, porém eu acho que o governador pecou nesse momento. Emissários do Governo querem decisão política. Após rompimento com Leão, com o PP, naturalmente o Governo do Estado veio procurando prefeitos para que se posicionem. Desde o inicio falei ao vice-governador João Leão e ao próprio governador que não iria, naquele momento, me posicionar”, disse.

O prefeito ainda disse que viu “um movimento atípico de dentro do Governo em não inaugurar o hospital”.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Cinco pessoas são presas suspeitas de diversos arrombamentos a lojas do comércio de Seabra

Cinco pessoas são presas, suspeitas de diversos arrombamentos a alguns estabelecimentos comerciais da cidade de …