quinta-feira ,29 setembro 2022
Página Inicial / Noticias / Itaetê: Vereador-policial acusado de homicídio é alvo de operação; vítima era ligada ao MST

Itaetê: Vereador-policial acusado de homicídio é alvo de operação; vítima era ligada ao MST

Um vereador da cidade de Itaetê, na Chapada Diamantina, conhecido como Sargento Dorival, é alvo de uma operação deflagrada na manhã desta terça-feira (6). Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o edil, que é policia aposentado, é acusado junto com outros homens de um homicídio, cometido em 2018, que matou Márcio Oliveira Matos.

A vítima era uma das lideranças do Movimento Sem Terra (MST) e, na época, Secretário de Administração do Município. Atualmente, o edil está no Psol onde se elegeu em 2020. Na eleição passada, ele ficou como suplente se candidatando à época pelo PSL.

Ainda segundo a SSP-BA, informações preliminares apontam que a execução ocorreu após a vítima adotar medidas de contenção de gastos e descobrir fraudes contratuais nas finanças de Itaeté. A pasta informou que documentos foram apreendidos também no gabinete e residência do vereador. Em outra casa, as armas e munições e um notebook também foram achados.

Denominada de “Stone”, a operação cumpre mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal de Barra da Estiva, também na Chapada Diamantina. Vários armamentos foram encontrados na casa de um dos comparsas do edil: uma espingarda calibre 12, um rifle calibre 22 e uma pistola calibre 6,35.

No curso da ação, um homem foi preso por posse ilegal de arma de fogo. O material foi apreendido por equipes da Força-Tarefa de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsão Mediante Sequestro da SSP-BA e seguirá, assim como os documentos, para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

CN com informações do Bahia Notícias.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Bahia: Jerônimo Rodrigues confirma vinda de Lula nesta sexta-feira (30)

O comando da campanha de Jerônimo Rodrigues ao governo já está convocando os deputados e …