quinta-feira ,30 junho 2022
Página Inicial / Economia / Jacobina: Mineradora Yamana Gold é vendida para empresa sul-africana

Jacobina: Mineradora Yamana Gold é vendida para empresa sul-africana

Foto: Divulgação0

A mineradora Yamana Gold, que atua na cidade de Jacobina, na região da Chapada Diamantina, foi vendida para o grupo sul-africano Gold Fields. A informação foi confirmada pela Jacobina Mineração Yamana Gold nesta terça-feira (31).

 

De acordo com site Financial Times, os trâmites de compra e venda serão finalizados no 2º semestre de 2022. A Gold Fields manterá sua presença em todas as regiões e continuará a manter os compromissos com as comunidades e colaboradores. As operações de Jacobina seguirão normalmente.

A aquisição total das ações custou 6,7 bilhões de dólares (cerca de R$ 32,2 bilhões na cotação atual). De acordo com o Financial Times, o acordo criará uma mineradora com produção anual de ouro de cerca de 96,4 toneladas, superando a rival sul-africana AngloGold Ashanti, se tornando, assim, o quarto maior grupo de mineração de ouro do mundo, atrás das empresas Newmont, Barrick e Agnico.

A Gold Fields Limited possui nove minas em operação na Austrália, Chile, Gana, Peru e África do Sul, incluindo a Asanko Joint Venture em Gana. Ainda de acordo com o Finacial Times, atualmente, o grupo sul-africano produz cerca de 68 toneladas de ouro por ano e, também, está desenvolvendo seu principal projeto de crescimento, Salares Norte, no Chile. Já a Yamana, é focada nas Américas, com unidades no Canadá e Chile.

Com a fusão das duas companhias, a Gold Fields se torna uma produtora de ouro com maior vida útil. Em nota, a Jacobina Mineração Yamana Gold informou que a Gold Fields pretende chegar em 2024 como a 3º maior produtora, sendo uma potência global da mineração do ouro.

Chris Griffith, executivo-chefe da Gold Fields, disse que a principal razão para a compra da Yamana é criar um motor de crescimento para além dos próximos quatro anos, quando sua produção começará a cair após o desenvolvimento do Salares Norte.

“O que queríamos fazer era aumentar nosso pipeline, aumentar nossas operações na América do Sul e ter presença no Canadá”, comentou em entrevista ao Financial Times.

Publicidade

Sobre a operação em Jacobina, a Gold Fields demonstra que o município está em seu plano de investimento e crescimento e que os excelentes resultados de segurança, ESG, produção e custo operacional de Jacobina foi um dos pontos que chamou a atenção dos investidores para a concretização do investimento.

“A Yamana e a Gold Fields também têm culturas e valores corporativos complementares com um modelo operacional ESG (ambiental, social e governança) em primeiro lugar com um forte foco no apoio às comunidades anfitriãs e na gestão ambiental”, concluiu a nota da Jacobina Mineração Yamana Gold.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Bahia deve receber 69 novos parques eólicos até 2026

As empresas do setor elétrico preveem contar com mais de R? 8 bilhões para iniciar …