quinta-feira ,1 dezembro 2022
Página Inicial / Política / Jerônimo amplia vitória no número de municípios e vence em 364 cidades da Bahia

Jerônimo amplia vitória no número de municípios e vence em 364 cidades da Bahia

O agora governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), ampliou a vitória em número de municípios na Bahia. O petista saltou de 352 localidades para 364. Jerônimo Rodrigues (PT) foi eleito governador da Bahia na noite deste domingo (30).

Já ACM Neto (União) reduziu de 65 para 53 municípios, de acordo com levantamento do Bahia Notícias.

No segundo turno, Neto venceu em Mucuri, Nova Viçosa, Teixeira de Freitas, Itamaraju, Porto Seguro, Eunápolis, Maiquinique, Canavieiras, Santa Luzia, Una, Buerarema, Itabuna, Ilhéus, Uruçuca, Ibicaraí, Santa Cruz da Vitória, Itapetinga, Vitória da Conquista, Brumado, Ibiassucê, Mucugê, Piatã, Abaíra, São Félix do Coribe, Luiz Eduardo Magalhães, Barreiras, Ourolândia, Caldeirão Grande, Ponto Novo, Filadélfia, Senhor do Bonfim, Juazeiro, Antas, Conceição do Coité, Valente, Rio Real, Conde, Feira de Santana, Alagoinhas, Camaçari, Dias Dávila, Simões Filho, Salvador, Cruz das Almas, Sapeaçu, SAJ, Milagres, Itatim, Valença, Cairú, Nilo Peçanha, Ituberá.

Indígena e professor, quem é Jerônimo Rodriguês:

Jerônimo Rodrigues Souza nasceu no povoado de Palmeirinha, na cidade de Aiquara, região sudoeste da Bahia, a 400 quilômetros de Salvador. Ele tem 57 anos.

Professor licenciado da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Jerônimo é casado Tatiana Velloso, engenheira agrônoma e professora da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). Jerônimo e Tatiana são pais de João Gabriel.

Sua atuação no Governo do Estado começou em 2007, no governo Jaques Wagner, quando foi convidado para atuar como Assessor da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia. Em 2010, ainda no governo Wagner, passou a compor a equipe da Secretaria de Planejamento.

Em 2011, foi convidado para atuar em Brasília, onde foi Secretário Executivo Adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário, e outros cargos no MDA durante o governo Dilma.

Em 2014, coordenou o Programa de Governo de Rui Costa, que seria eleito naquele ano. Já no governo, foi o primeiro titular da recém criada Secretaria de Desenvolvimento Rural. Em 2018 voltou a coordenar o programa de governo de Rui Costa, e no ano seguinte assumiu a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, de onde saiu para ser candidato ao governo.

CN com informações do Bahia Noticías e G1.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

BRASIL: Moraes rejeita ação do PL contra urnas e multa coligação de Bolsonaro em R$ 22,9 milhões

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, multou os partidos da …