terça-feira ,5 março 2024
[adsanity_group align='alignnone' num_ads=1 num_columns=1 group_ids=309]
Página Inicial / Esporte / Julgamento de Daniel Alves: Juíza nega suspensão, mas permite que jogador seja o último a depor

Julgamento de Daniel Alves: Juíza nega suspensão, mas permite que jogador seja o último a depor

O Tribunal de Barcelona decidiu manter o julgamento do ex-jogador Daniel Alves por abuso sexual, mesmo com o pedido da defesa do ex-atleta para que houvesse uma suspensão por violação de direitos como o da presunção de inocência.

Os magistrados consideram que nenhum direito foi violado e o julgamento segue inicialmente até quarta-feira. O Tribunal disse que Daniel Alves contou com a presença de uma advogada desde o momento em que foi preso, o que não caracteriza violação de direitos. Daniel Alves, réu por estupro, vai depor no último dia de julgamento.

Daniel Alves, então, vai depor na quarta-feira pela suposta agressão sexual. A petição de que ele seja o último a testemunhar foi aceita tendo em vista que existem novas provas e não há razões para crer que o acusado já tenha conhecimento de todas elas. E que uma declaração ao final pode contribuir para o esclarecimento dos fatos.

Em relação a solicitação de que todo o julgamento fosse a portas fechadas, os juízes entenderam que os jornalistas podem escutar e contar tudo o que acontece na audiência, mas que não podem gravar ou transmitir. Apenas a vítima terá o direito de declarar à portas fechadas.

Com informações da CNN

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Torcedor do Flamengo vai a júri por matar palmeirense com garrafada.

São Paulo — A Justiça determinou nesta sexta-feira (23/2) que o torcedor do Flamengo Jonathan Messias Santos da Silva, de …

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]