terça-feira ,7 fevereiro 2023
Página Inicial / Economia / LENÇÓIS: Festa de Senhor Bom Jesus dos Passos é reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Bahia

LENÇÓIS: Festa de Senhor Bom Jesus dos Passos é reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Bahia

FOTO; Divulgação

A Festa de Senhor Bom Jesus dos Passos, padroeiro dos Garimpeiros de Lençóis, na Chapada Diamantina,  é reconhecida definitivamente como Patrimônio Cultural Imaterial da Bahia. O decreto, assinado pelo Governador do Estado, Jerônimo Rodrigues (PT),  foi publicado nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial. A partir de então, a manifestação cultural passa a ser registrada no Livro do Registro Especial dos Eventos e Celebrações.

Devotos, moradores, visitantes e grupos culturais se reuniram em cortejo festivo pelas ruas, em homenagem ao Santo. Trata-se de uma tradicional procissão de louvor que expressa o agradecimento dos garimpeiros pela proteção de seu padroeiro. A festa, que esse ano ocorre de 23 de janeiro a 2 de fevereiro, em Lençóis, se inicia com a lavagem das escadarias da Igreja de Nosso Senhor dos Passos pelas baianas, com água de cheiro e flores, seguida pelo período de novena e a culminância na missa solene e procissão de Nosso Senhor dos Passos pelas ruas do centro histórico. A manifestação cultural termina com a bênção aos garimpeiros na Sociedade União dos Mineiros.

“Nós temos, enquanto Secretaria de Cultura com a gestão da Prefeita Vanessa Senna, juntamente com a Paróquia e a Sociedade União dos Mineiros, a missão de preservar, proteger e promover uma festa da forma que a comunidade espera, com muita alegria, entretenimento e fé”, afirmou o secretário de Cultura, Felipe Sá.
Ao longo dos próximos 09 dias, serão realizadas alvoradas e missas, competições esportivas e shows no circuito da Avenida que leva o nome do Santo, com barracas de comidas típicas da região e parque infantil.

Com vasta programação divulgada, as atrações musicais estão previstas para se apresentarem entre os dias 28 e 31 de janeiro entre elas estão: Thiago Aquino, Xanddy Harmonia, Banda Negra Cor, Ígor Kannário, La Fúria, Iguinho e Lulinha, Vitor Fernandes, além das atrações locais como Beá Costa, Família Moura Jorge e Banda Zion.

A prefeita Vanessa Senna (PSD), ressaltou o esforço dos organizadores em fazer dessa festa uma edição especial e em tornar essa manifestação mais um importante atrativo turístico da cidade.

A tradição acontece desde 1852, e preserva a memória e costumes dos garimpeiros, principais responsáveis pelo povoamento da cidade, representados pelos grupos culturais de Baianas, Reisado, Capoeira, Phylarmônica e Marujada. De acordo com a secretária de Turismo, Laura Garcia, o reconhecimento da Festa como Patrimônio Imaterial da Bahia deve fomentar o desenvolvimento turístico religioso, ao tempo que fortalece a cultura e os costumes locais.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

BOQUIRA: Jovem de 27 anos que estava desaparecido, foi encontrado sem vida, por familiares

O corpo do jovem desaparecido desde sexta-feira (03), na cidade de Boquira, foi encontrado na …