quinta-feira ,6 maio 2021
Página Inicial / Noticias / Lençóis: Sesab interdita Hospital depois de denúncia.

Lençóis: Sesab interdita Hospital depois de denúncia.

 

No último dia (07), a Secretaria Estadual de Saúde (SESAB-BA) e a Vigilância Sanitária interditaram o Hospital Municipal de Lençóis, na Chapada Diamantina.

A interdição aconteceu logo após a publicação de um vídeo feito pela prefeita eleita, Vanessa Senna (PSD), onde ela na ocasião denuncia vários problemas de infraestrutura e de degradação do hospital com imagens das instalações em seu perfil nas redes sociais.

A ex-gestão do município contradiz a narrativa de denuncia alegando privilégio da atual prefeita por ter um alinhamento político mais próximo do senador Otto Alencar (PSD). O ex-prefeito Marcão, do Republicanos, diz que “durante toda sua gestão foi solicitado a reforma do hospital de Lençóis, e nunca foi ouvido.

Segundo ele: “A prefeitura não reformou a unidade porque não havia recursos para isso, mas buscamos por várias vezes e nada. Nem uma ambulância, que foi distribuída para vários municípios, nós recebemos”, alega o ex-prefeito em entrevista.

Marcão também relatou na entrevista, que “a gestão foi feita com perseguições. Na minha administração, diversas vezes, pedi que fosse fechado o Hospital, mas não tive sucesso. Sempre achei uma vergonha. A estrutura tem que ser derrubada. Em 2009, cheguei a fazer um projeto para parte superior, mas o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), reprovou. Foi feito auditoria e eu pedi pra fechar e não foi fechado”, explica Marcão.

O ex-prefeito ainda salienta: “’ Eles’ [a atual gestão] contrataram mais de 12 pessoas da minha gestão. Segundo a nova prefeita Vanessa Senna, “um local provisório para instalar o Hospital, até encontrar o local definitivo, já está sendo providenciado”. A intenção é que a unidade funcione 24 horas para atender a população.

Em resposta às denúncias da antiga gestão, sobre a desorganização da prefeitura sobre a atualização de dados do boletim diário a prefeita gravou um vídeo explicando sobre a situação e disse que “não houveram os boletins por questão de responsabilidade. Afinal, não podemos inventar números e maquiar os dados. Mas a equipe da prefeitura está trabalhando e já está atualizando os dados”, afirma. Lençóis já contabiliza sete óbitos por complicações da covid-19.

 

Até o fechamento dessa reportagem a SESAB e nem o Governo do Estado ainda tinham se manifestado sobre a troca de acusações entre atual gestão e a ex. gestão do município de Lençóis.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Avião com 1 milhão de doses da vacina da Pfizer chega ao Brasil

A aeronave carregada com 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech comprada pelo Brasil …