terça-feira ,7 abril 2020
Página Inicial / Entretenimento / Luís Ernesto Lacombe surpreende colegas com posicionamentos polêmicos na Band

Luís Ernesto Lacombe surpreende colegas com posicionamentos polêmicos na Band

Por dois dias seguidos, o apresentador do “Aqui na Band”, Luís Ernesto Lacombe, protagonizou momentos polêmicos ao se pronunciar sobre a morte da garota Ágatha, vítima de bala perdida no Rio de Janeiro e o discurso da sueca Greta Thunberg na cúpula do clima da ONU. De acordo com o UOL, no programa da última segunda-feira (23), Lacombe chegou a bater boca com a colega de atração, Sílvia Poppovic e nesta terça-feira (24) deixou a colega de jornalismo Marina Machado assustada com o seu posicionamento dito ao vivo durante uma interação entre os estúdios da emissora.

Ao comentar os rumos das investigações do caso que vitimou a criança de 8 anos no Rio de Janeiro, Silvia fez duras críticas ao atual método usado pelas equipes de segurança da capital fluminense: “Terrível essa história, terrível essa política de segurança que não pensa em resguardar a vida da população e sai atirando assim. É isso que acontece. É triste mesmo, é lamentável”.

Lacombe, por sua vez, discordou do posicionamento da colega e fez uma argumentação histórica para justificar o caso que aconteceu recentemente. “Acho ainda um pouco precipitado dizer o que aconteceu. Ainda será feito uma perícia. Vejo as pessoas se voltando contra o trabalho da polícia. Lembro que, no início da minha carreira, década de 80, Leonel Brizola era o governador, ele proibiu a polícia de subir os morros, de entrar nas comunidades no Rio. O que a gente viu foi um fortalecimento do tráfico de drogas, ganhou uma força inacreditável. A polícia tem que atuar com todo cuidado para preservar a vida de inocentes, mas a polícia não pode deixar de atuar nessas áreas. Os traficantes estão nessas comunidades exatamente porque ali eles estão protegidos por pessoas inocentes. Então é muito complicado acusar sempre a polícia”, disse.

Poppovic, então, decidiu rebater a fala do colega de atração e negou que tenha se posicionado contra os policiais do Rio de Janeiro, atribuindo sua fala a uma questão de gestão. “Eu não estou acusando a polícia do Rio de Janeiro, eu estou acusando a política de segurança pública do estado, que permite a polícia a atirar na cabecinha, como disse o governador. Quando existe uma política agressiva, de matar quem está na frente, acontece esse tipo de desgraça”, comentou.

Luis Ernesto chegou a interromper a fala de Silva para mais uma vez discordar do posicionamento levantado pela apresentadora: “A gente não sabe realmente se foi a polícia. A gente sabe que os traficantes se protegem. Como acontece na Palestina. Os palestinos se protegem colocando na linha de frente mulheres e crianças”, rebateu, fazendo Silvia questioná-lo se era isso que ele achava sobre o caso que vitimou a pequena Agatha.

Em resposta, o apresentador disse desconhecer o que realmente aconteceu e comentou que preferia esperar os desdobramentos afirmando que não era um perito. Ao término do assunto, Silvia criticou o posicionamento do colega: “Essa história, para quem é carioca… Me admira muito, Lacombe, você não estar emocionado com essa história”.

GRETA THUNBERG
No matinal desta terça-feira (24), foi a vez da jornalista Marina Machado ficar surpresa com as declarações do colega de emissora. Durante um bate-papo entre os dois, Machado falou sobre a atuação da sueca Greta Thunberg na cúpula do clima promovida pela Organização das Nações Unidas. Em seu discurso, a jovem chegou a criticar líderes políticos. “Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias, mas eu sou uma sortuda. Pessoas estão sofrendo, pessoas estão morrendo, ecossistemas inteiros estão entrando em colapso”, disse Thunberg.

Ao repercutir as falas da ativista mirim, Machado foi rebatida pelo apresentador do “Aqui Na Band”. “Lacombe, eu estou arrepiadíssima com o que a Greta Thunberg falou. É um negócio que, realmente, essas frases não saem de mim, comentou a jornalista.

“Marina, eu não compro essa menina, você me desculpa. Eu não compro essa menina”, disse Lacombe, deixando a apresentadora do “Notícias da Redação” boquiaberta e com os olhos arregalados. Ele, mesmo após reação de Machado, continuou com as críticas: “Acho que essa menina tem um discurso alarmista, com frases de efeito. Eu tenho uma opinião diferente da sua. Eu acho que a gente tem que ter um debate pesado sobre clima e de quanto o homem influencia na mudança climática. […] Essa é uma menina bancada por uma fundação do George Soros, né? One Foundation. Eu realmente, por enquanto, não compro”, completou.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Festival de Lençóis adia programação de abril para outubro

O tradicional Festival de Lençóis, que este ano estava programado para ser realizado de 30 …

Deixe uma resposta